23 de julho de 2024
Eleições municipais • atualizado em 20/06/2024 às 09:03

Mabel recebe apoio do Agir e frisa aliança com até 12 partidos

O pré-candidato participou, nesta quarta-feira (19), da consolidação do apoio do Agir para o próximo pleito e destacou a perspectiva de diversas alianças para a concorrência, pela base do governador Ronaldo Caiado
Sandro Mabel recebeu o apoio do Agir, em evento nesta quarta-feira (19). Foto: Altair Tavares
Sandro Mabel recebeu o apoio do Agir, em evento nesta quarta-feira (19). Foto: Altair Tavares

O empresário e pré-candidato à Prefeitura de Goiânia, Sandro Mabel (UB) recebeu, nesta quarta-feira (19), apoio oficial do Agir, em evento que consolidou tal aliança. Na ocasião, o ex-presidente da Fieg afirmou, em entrevista ao editor-chefe do Diário de Goiás, o jornalista Altair Tavares, a perspectiva de mais de dez alianças para a concorrência ao pleito.

“Nós temos aí 10/12 manifestações a serem feitas dentro dos próximos 30 dias, que vai trazendo a nossa base já para a luta”, disse. Questionado sobre quais seriam esses partidos, o pré-candidato listou: “Temos aí o MDB, o União Brasil, o Agir, o Avante, o Podemos, o PRD, o PMB, temos muitos, temos 12”, reforçou Sandro Mabel, que tenta, ainda, apoio com o PL, sobretudo após a desistência de Gayer.

Com relação à aliança com o Agir, primeiro partido a manifestar, de forma oficial o apoio à pré-candidatura de Mabel, o político afirmou se tratar de uma chapa “espetacular”, que fará a diferença na disputa. “Tenho certeza que esse apoio deles, hoje, amanhã já modifica um pouquinho a nossa eleição”, frisou.

Presidente estadual da legenda, Fernando Meirelles enalteceu o apoio ao pré-candidato e demonstrou a perspectiva de eleger três vereadores para a capital. “Eu faço parte de um grupo que tem o comando do nosso deputado e presidente da Assembleia, Bruno Peixoto. Fizemos um apoio com o governador e vamos apoiar o candidato do governador, que graças a Deus é o Sandro” – amigo”, pontuou.

“Somos o primeiro partido da base a declarar apoio ao Sandro e daqui para frente é isso aí”, acrescentou, com a afirmativa de que novos partidos deverão fazer o mesmo. O Agir conta, segundo Meirelles, com uma chapa de 38 pré-candidatos à Câmara Municipal, composta por um grupo consistente, com candidatas femininas. “Acreditamos alcançar três cadeiras nessa candidatura”, disse.


Leia mais sobre: / / / / / Geral