25 de julho de 2024
Aparecida de Goiânia

Mabel diz acreditar na vitória de Leandro Vilela e frisa que Vilmar Mariano deve permanecer na base

O pré-candidato à Prefeitura de Goiânia afirmou que o atual prefeito de Aparecida fez muito pela cidade e demonstrou o desejo de que ele permaneça no grupo
Pré-candidato à Prefeitura de Goiânia, Sandro Mabel, ao lado do atual prefeito de Aparecida, Vilmar Mariano, e o ex-gestor, Gustavo Mendanha. Foto: Divulgação
Pré-candidato à Prefeitura de Goiânia, Sandro Mabel, ao lado do atual prefeito de Aparecida, Vilmar Mariano, e o ex-gestor, Gustavo Mendanha. Foto: Divulgação

Em café da manhã com a imprensa, na manhã desta quarta-feira (10), o pré-candidato à Prefeitura de Goiânia, Sandro Mabel (UB), pela base do governador Ronaldo Caiado (UB), comentou sobre o atual cenário eleitoral no município de Aparecida de Goiânia, com a afirmativa de enxergar um cenário positivo para a vitória de Leandro Vilela (MDB). O político também frisou o desejo em manter o atual prefeito da cidade, Vilmar Mariano (UB), no grupo.

“É uma base que está realmente rachada, mas que tanto o Daniel (Vilela), quanto o Leandro e o Gustavo (Mendanha) estão costurando e eu acho que vão ganhar as eleições, lá. Não me restam dúvidas disso daí. Perguntar se foi certo ou se foi errado, já foi. Foi resolvido. Daqui pra frente o Leandro vai bem, estamos empenhados”, pontuou.

Com relação à retirada do nome de Vilmar Mariano da disputa e a perspectiva de caminhada do político no município, Mabel enfatizou que permanecer no grupo é a melhor hipótese. “Gosto muito do Vilmar, quero que ele fique perto da gente”, frisou. “Ele faz parte desse grupo e não vai pular para um lugar desconhecido”, salientou o pré-candidato à Prefeitura de Goiânia, com a afirmativa de que Mariano fez muito Aparecida. “Não acho que ele fez uma administração desastrosa, acho que ele fez uma administração que não se preocupou em projetar ele”, avaliou.

Também em entrevista a este veículo, o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, demonstrou o desejo de que Mariano faça parte da composição do grupo. “Vilmar é um companheiro, um amigo, uma escolha pessoal que fiz para que fosse vice-prefeito nas eleições de 2020”, pontuou. “Claro que a gente espera que ele possa estar junto com a gente para continuar o legado de Maguito Vilela com o Leandro, que tem já um conhecimento da sociedade de Aparecida”, acrescentou Mendanha.
Vilmar Mariano, por sua vez, afirmou que ainda não decidiu o nome que irá apoiar. O gestor disse estar em dúvida entre Leandro Vilela, Professor Alcides (PL) e Willian Panda (PSB). Segundo ele, a decisão será tomada até o dia 5 de agosto, no final das convenções. O caminho que o atual prefeito vai seguir é um anúncio esperado desde que ele foi preterido pelo grupo, em 21 de junho. O argumento foi não ter bom desempenho nas pesquisas frente ao seu principal oponente, Professor Alcides.


Leia mais sobre: / / Aparecida de Goiânia / Política