14 de junho de 2024
Corrida eleitoral • atualizado em 23/05/2024 às 16:55

Mabel discute propostas com comerciantes da 44 para potencializar polo lojista

O pré-candidato a prefeito de Goiânia ouviu as demandas dos lojistas para montar o plano de governo voltado para desenvolvimento do comércio local
Sandro Mabel percorreu a região da 44 ouvindo comerciantes nesta quinta (23). Foto: Divulgação
Sandro Mabel percorreu a região da 44 ouvindo comerciantes nesta quinta (23). Foto: Divulgação

O pré-candidato a prefeito de Goiânia pelo União Brasil, Sandro Mabel, esteve na região da 44 para ouvir demandas dos comerciantes e discutir propostas de acordo com as necessidades dos lojistas, nesta quinta-feira (23). A região da 44 é considerada o polo da moda de Goiás e movimenta cerca de R$ 14 bilhões anualmente.

No encontro com comerciantes e diretores da Associação Empresarial da Região Rua 44 (AER44), Mabel reforçou seu compromisso com o desenvolvimento da região. “A região da 44 é um diamante da nossa Goiânia. Emprega milhares de pessoas, é o segundo maior polo de moda atacadista do País e precisa receber toda a atenção para ser ainda maior”, afirmou o pré-candidato.

Mabel afirmou estar atento às necessidades da região e prometeu que plano de governo contará com medidas que envolvam melhorias no trânsito, fortalecimento do setor de confecção, fornecimento de equipamentos modernos e qualificação da mão de obra. Além disso, destacou, ainda, a importância do trabalho integrado com o Governo de Goiás na parte da segurança pública e realização de ações para atrair um público ainda maior para o polo de moda da capital.

O candidato do UB ressaltou que a intenção é listar as necessidades para auxiliar na elaboração de estratégias de governo. “A AER44 se propôs a realizar estudos para apresentar propostas. Juntos vamos desenhar as melhores estratégias para solucionar os problemas da região e também alavancar as vendas e a geração de empregos”, afirmou.

O polo de moda da Região da 44 , atualmente, é considerado o segundo maior do país. São quase 16 mil lojas, que geram cerca de 200 mil empregos diretos e indiretos. Somente em 2023, a região de comércio recebeu 15 milhões de consumidores e registrou faturamento de R$ 14 bilhões, com a venda de mais de 280 milhões de peças de roupas.


Leia mais sobre: / / / / Eleições 2024 / Política

Luana Cardoso

Luana

Atualmente atua como repórter de cidades, política e cultura. Editora da coluna Crônicas do Diário. Jornalista formada pela FIC/UFG, Bióloga graduada pelo ICB/UFG, escritora, cronista e curiosa. Estagiou no Diário de Goiás de 2022 a 2024.