13 de junho de 2024
Eleições municipais • atualizado em 02/02/2024 às 23:20

Lissauer Vieira recebe apoio do Podemos para disputar à prefeitura de Rio Verde

A movimentação para 2024 já ''esquenta'' o município, considerado o quarto maior colégio eleitoral do Estado
Lissauer Vieira recebe apoio do Podemos em Rio Verde. Foto - Divulgação
Lissauer Vieira recebe apoio do Podemos em Rio Verde. Foto - Divulgação

O ex-deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Lissauer Vieira (PSD), recebeu o apoio do Podemos para concorrer à prefeitura de Rio Verde, no sudoeste goiano. Considerado o quarto maior colégio eleitoral do Estado, a movimentação para 2024 já esquenta o município.

O apoio foi articulado pelo vereador Paulo Humberto do Casamento e deputado federal Glaustin da Fokus. Ao Diário de Goiás, o vereador destaca que as expectativas são as maiores dado ao espírito republicano de Lissauer Vieira, que é aberto ao diálogo e pensa na cidade.

”A cidade está em busca de alguém que cuida das pessoas e Lissauer tem esse cuidado de pensar nas pessoas, família e defende causas e bandeiras que defendemos”, ressalta.

Segundo o vereador, Lissauer demonstra confiança, e com isso ele ganhou credibilidade e conquistou lideranças políticas do agro e religiosas da região. Além disso, segundo o parlamentar, outros vereadores ainda estão se alinhando a esse mesmo projeto, e deve contar entre 9 a 11 vereadores, mas os anúncios devem acontecer entre o final de fevereiro e começo de março.

Bolsonaro em Rio Verde

Adiantado em primeira mão ao Diário de Goiás, Paulo Humberto confirma que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) estará na filiação de Lissauer Vieira. De acordo com o vereador, o ex-presidente da Alego conta também com o apoio do ex deputado Chico KGL, da Vereadora Nayara Barcelos e do Vereador Ubiratan, que será Candidato pelo PL.

”Mas Lissauer terá com certeza o maior de apoio por representar uma gestão de diálogo e respeito”, destaca. Por vez, segundo Paulo Humberto a vinda do ex-presidente já é dada como certa, mas ainda falta uma definição quanto a data exata.


Leia mais sobre: / / / / Política