19 de julho de 2024
Abençoada

Lei que concede o título de “Capital da Fé” a Trindade é sancionada por Caiado

A Basílica de Trindade é a única no mundo dedicada ao Divino Pai Eterno. Agora, a cidade é reconhecida oficialmente, em lei, como Capital da Fé do Estado de Goiás
O governador Ronaldo Caiado sanciona lei que concede título de “Capital da Fé” a Trindade. Foto: Secom
O governador Ronaldo Caiado sanciona lei que concede título de “Capital da Fé” a Trindade. Foto: Secom

O governador Ronaldo Caiado (UB) sancionou, na última quinta-feira (25), a Lei que confere a Trindade o título de “Capital da Fé”. A sanção foi publicada no suplemento do Diário Oficial do Estado. A matéria, de autoria do deputado George Morais foi analisada e aprovada em dois turnos pela Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).

De acordo com Caiado, o título reforça a história de devoção e turismo religioso da cidade. “Goiás é uma referência no turismo religioso justamente por essa grande celebração que é a romaria do Divino Pai Eterno. É mais um passo para mostrar que sabemos preservar a nossa história e o quanto somos religiosos”, destacou o governador.

Referência

A Basílica em Trindade é a única no mundo dedicada ao Divino Pai Eterno. Além disso, tem a maior celebração religiosa da região Centro-Oeste e a segunda do Brasil. Anualmente, atrai cerca de 3 milhões de devotos durante 10 dias, entre os meses de junho e julho. Os fiéis percorrem a Rodovia dos Romeiros a pé, pela GO-060, entre Goiânia e Trindade, em forma de agradecimentos às graças alcançadas.

Atualmente, está em construção um novo santuário em uma área de 62 mil metros quadrados para comportar melhor o número crescente de devotos e turistas. Para celebração de missas campais será construído um altar monumental e o local acolherá até cerca de 300 mil pessoas.


Leia mais sobre: / / / Cidades

Luana Cardoso

Luana

Atualmente atua como repórter de cidades, política e cultura. Editora da coluna Crônicas do Diário. Jornalista formada pela FIC/UFG, Bióloga graduada pelo ICB/UFG, escritora, cronista e curiosa. Estagiou no Diário de Goiás de 2022 a 2024.