13 de junho de 2024
Leandro Mazzini

Justiça intima ex-deputado sobre sumiço de ossadas

O governo se envolveu numa confusão judicial sobre desaparecidos do Araguaia (TO). A coluna revelou em 18 de Janeiro que foram encontradas duas ossadas de crianças e de um jovem sob tutela do Ministério da Justiça, mas sem qualquer ligação com a guerrilha, no lugar de três ossadas de ex-guerrilheiros. À ocasião, parentes do trio desaparecido entraram na Justiça para cobrar o paradeiro dos ossos. Agora, a juíza federal que preside o caso intimou o ex-deputado Luiz Eduardo Greenhalgh para acareação com as famílias, 10 de Setembro. Ele foi responsável pelas buscas em 2001.


Quem são
Greenhalgh era presidente da Comissão de Direitos Humanos quando da excursão. Lá encontrou ossos dos guerrilheiros Walquiria, Paulo e o italiano Giancarlo Castiglia.

Deu nisso
Mas num vaivém das ossadas em Brasília, sem qualquer critério ou protocolos, em caixas que correram pelo MJ, IML e UnB, elas desapareceram.

Na mira
No lugar do trio guerrilheiro foram encontradas as ossadas das crianças e do jovem. A ex-guerrilheira Criméia Almeida foi quem transportou muitas vezes as caixas.

E agora?
Criméia, Greenhalgh e integrantes da excursão foram convocados para acareação. O governo não sabe de onde vieram e para quem devolver os ossos das crianças.

À espera de Serra
O presidente do PPS, Roberto Freire, suspendeu qualquer negociação que envolva o partido para 2014 no plano federal. ‘E se o Serra vier?’, deixa o mistério, para a coluna. Ele espera a filiação do tucano para concorrer à Presidência. Serra, como de praxe, é uma incógnita. Deixará para Outubro a decisão. Mas Freire não descarta o lançamento.

Insegurança jurídica
Fala Roberto Freire sobre a possível filiação de Serra: ‘Serra anda analisando (convite)’; ‘Não houve condicionantes’; O MD via fusão não saiu ‘porque o PMN queria concretizar sem esperar a consulta feita ao TSE’ sobre a ‘janela’.

Alianças
Roberto Freire também diz que não está em leilão para 2014. ‘O PPS não tem nem um minuto de TV’. Diz que quem procura a legenda para dialogar é ‘pela credibilidade e história do partido’.

Que feio!
A claque de Federico Franco, o ex-presidente paraguaio, vaiou a presidente Dilma Rousseff na posse de Horário Cartes, por causa da suspensão do país no Mercosul.

Greve já era
Causou surpresa em Goiás o decreto 7.964/13 do governador Marconi Perillo (PSDB) sobre medidas contra greves de servidores. Conota aniquilar o direito, pelo publicado no D.O. Cobra inclusive fidelidade total dos comissionados e cargos de confiança.

Crachá Fidelidade
Pelo decreto, Marconi faz ‘convocação expressa dos servidores’, via D.O., ‘para reassumirem, de maneira integral e sem demora, o exercício de suas funções’; ‘Serão exonerados os ocupantes de cargos comissionados ou de confiança que participarem’.

Primeiro Amarildo
Foi o primeiro de muitos, pelo que se tem notícias. A família procura até hoje Jorge Antônio Careli, servidor da Fiocruz, levado por policiais em 1993 em Manguinhos, no Rio. Falava em orelhão quando foi abordado. A PM procurava suspeito de sequestro.

Descarrilou
A ferrovia Transnordestina saiu dos trilhos, diz o deputado Júlio César (PSD-PI). A obra de 1,5 mil km estava prevista no PAC 1 para ser concluída até 2010. Ela corta três estados e a maior parte ainda é terraplanagem. Os 400km no Piauí são terra pura.

Descarrilou 2.0
Leitor viu placa sugestiva no metrô de SP: ‘Envie mensagem de celular para denunciar comércio irregular, delitos e vandalismo nos trens e estações’. Sobre corrupção, nada.

Troco na letra
Desafeto de Bernardo Figueiredo, presidente da EPL, o senador Requião (PMDB) prepara livro. Promete revelar detalhes das licitações de rodovias, portos e ferrovias.

Ponto Final
A política, como um todo, é um livro infindável de segredos e mistérios.
_________________________________________
Com Equipe DF e SP


Leia mais sobre: Leandro Mazzini

Altair Tavares

Editor e administrador do Diário de Goiás. Repórter e comentarista de política e vários outros assuntos. Pós-graduado em Administração Estratégica de Marketing e em Cinema. Professor da área de comunicação. Para contato: [email protected] .

Recomendado Para Você

Leandro Mazzini

Pizzolato na Papuda

Leandro Mazzini

A blindagem do juiz Sérgio Moro