19 de maio de 2022
Política

Júnior Friboi, estrela nacional do PSB

Depois de percorrer o interior de Goiás, auxiliando nas eleições de prefeitos e vereadores de sua base, José Batista Júnior, o Júnior Friboi, foi convidado pelo presidente nacional da sigla, Eduardo Campos, para uma peregrinação política pelo país. O empresário socialista se transformou em referência estadual e nacional. É hoje um dos maiores nomes da oposição goiana para a disputa em 2014 e forte aliado de Campos na manutenção da aliança federal entre o PT e o PSB.

 

Continua após a publicidade

O casamento entre os dois partidos está em crise. Divergências em grandes cidades, como Belo Horizonte, Porto Alegre, Fortaleza e Recife, levaram ao rompimento do grupo para as eleições de 2012. Em 2008, o PSB apoiou o PT em 10 capitais; hoje são cinco as apoiadas. Em São Paulo, a parceria só se manteve graças ao pedido pessoal do ex-presidente Lula, que também já anda irritado com a situação.

Nas últimas semanas, Lula deixou Fernando Haddad (PT) na disputa em São Paulo para se dedicar às campanhas onde o PSB tornou-se oposição. O líder petista participou, inclusive, de diversas gravações de rádio e TV no interior do Pernambuco. Em Santa Cruz do Capibaribe, o ex-presidente promoveu o candidato do PTB mandando um duro recado para Campos, que já chegou a ser acusado por petistas de “traidor”.

Nesse contexto, Júnior significa para o governador pernambucano mais que um bom cabo eleitoral partidário. Ele representa a linha, no momento tênue, capaz de manter vinculado o seu partido ao Governo Federal. O empresário mantém um bom relacionamento com o ex-presidente e com a atual. Além de apoiar o candidato petista em Goiânia. No mais, Junior pode inclusive ser um avalista político providencial em caso de voo solo do PSB.

Continua após a publicidade

Bom trânsito e relacionamento não são problema para o pessebista. Ele circula com desenvoltura no Município, no Estado, no País…

Enquanto isso, em Goiás, Júnior é elevado aos ‘píncaros da glória’ por políticos da oposição. Deputados peemedebistas utilizaram recentemente seus tempos na tribuna da Assembleia, por exemplo, para tecer rasgados elogios a ele.

A ação de Friboi pelo País comecou nesta segunda. Ele participou de um comício em Gurupi, no Tocantins, para reforçar a campanha do candidato Laurez Moreira, também do PSB. Lá, foi apresentado como “o futuro governador de Goiás”.

Antes do evento, o goiano foi recebido com festa pelos militantes do PSB e almoçou com o governador Eduardo Campos.

Ou seja: em Goiás – e fora – sua pré-candidatura está lançada!

Aliás, sua pré-candidatura não está somente lançada; está a todo vapor. Sua agenda segue lotada e sua equipe, em ritmo de campanha. 

O empresário tem apertado o passo, já que os pré-candidatos são muitos. Tem também estreitado laços com um nome estratégico para quem quer ser o nome da oposição em 2014: o ex-governador Iris Rezende.

Sim, Friboi e Iris conversam. E conversam muito.

Leia mais sobre:
Política