26 de junho de 2022
Internet • atualizado em 26/05/2022 às 09:33

Jornalistas do RJ aderem paralisação pedindo por reajuste e dignidade e Bolsonaro ironiza: “Apoio”

Presidente ridicularizou manifesto "apoiando" que profissionais realmente parassem de trabalhar
Em outra publicação, o presidente compartilhou uma frase responsabilizando jornalistas pelo "fica em casa". (Foto: reprodução)
Em outra publicação, o presidente compartilhou uma frase responsabilizando jornalistas pelo "fica em casa". (Foto: reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro (PL), mais uma vez debochou de pessoas nas redes sociais. Dessa vez ele ironizou na internet o protesto de jornalistas do grupo Globo em Brasília, nesta quarta-feira (25). Em tom de ironia, o chefe do Executivo nacional escreveu no Twitter: “Apoio!”, compartilhando um post que anunciava a paralização de jornalistas no Rio de Janeiro. Eles pediam reajuste e dignidade.

E outra publicação, Bolsonaro relembrou uma declaração dada em 2021 para atribuir as perdas salariais dos profissionais que participam do protesto sobre medidas do enfrentamento à covid-19 na pandemia. “As consequências daquela história que vocês, imprensa, falaram tanto do ‘fica em casa e a economia a gente vê depois’ está servindo para a imprensa. Todo mundo está pagando o preço alto em cima disso”, dizia a frase. Confira na íntegra:

.

.

.

Continua após a publicidade