25 de junho de 2022
Articulações políticas • atualizado em 27/05/2022 às 10:00

João Campos diz ter diálogo “bastante adiantado” com Gustavo Mendanha

Ainda sem ter apoio do governador Ronaldo Caiado confirmado, João Campos conversa com outras forças políticas
João Campos recebe apoio do Agir36 (Foto: Altair Tavares/DG)
João Campos recebe apoio do Agir36 (Foto: Altair Tavares/DG)

Buscando dar musculatura a sua pré-candidatura ao Senado, o deputado federal João Campos (Republicano) recebeu ontem (26/05) o apoio do Agir36 (Antigo PTC) em Goiás. O acordo com um partido que já declarou apoio ao pré-candidato ao Governo, Gustavo Mendanha (Patriota) aumentou as especulações de que o parlamentar irá caminhar junto com o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia durante as eleições de 2022. 

Ao Diário de Goiás, Campos destacou que as conversas com Mendanha já estão adiantadas e elogiou o ex-prefeito de Aparecida. “Estamos dialogando com o governadoriável Gustavo Mendanha. Esses diálogos estão bastante adiantados, sem prejuízos de diálogo com outras forças políticas. De fato, Gustavo Mendanha é uma das grandes possibilidades para Goiás”, pontuou.

João Campos vive uma disputa interna em seu partido, haja vista, que uma parcela dos integrantes, defendem que o Republicanos caminhe com o governador Ronaldo Caiado (União Brasil). Prefeito de Goiânia, Rogério Cruz já declarou apoio ao democrata. O impasse é que Caiado ainda não bateu o martelo sobre se irá apoiar ou não o deputado federal e diz que irá basear sua escolha em pesquisas de intenção de voto. 

Continua após a publicidade

Apesar das conversas com Mendanha, o Republicanos ainda não rompeu com o governador Ronaldo Caiado e entre os partidos da base, João Campos é o que aparece mais bem posicionado de acordo com a nova pesquisa Real Time Big Data, divulgada pela Record TV nesta quinta-feira (26/05). Ele tem hoje 9% das intenções de voto. 

O republicano está empatado tecnicamente (dentro da margem de erro, que é de 3% para mais ou para menos) com outros quatro nomes pré-candidatos ao Senado. Empata com o ex-ministro das Cidades Alexandre Baldy (Progressistas), que está com 8%, com o deputado federal Delegado Waldir (União Brasil), que aparece com 7% e com o ex-senador Wilder Morais (PL), que é lembrado por 5%.

O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSD), que anunciou sua pré-candidatura na última semana foi citado por 3% do eleitorado. Todo esse grupo faz parte da base capitaneada por Ronaldo Caiado. Marconi Perillo, oposicionista ferrenho do democrata é o primeiro disparado com 27% das intenções.

Continua após a publicidade

Apoio do Agir

Ao Diário de Goiás, João Campos também agradeceu o apoio do Agir36. “Vai agregar muito valor nessa iniciada de campanha. O Agir é um partido muito importante. Tem muitos líderes. O principal líder é nosso amigo Fernando Meirelles, um grande presidente de partido e articulador. Entende muito política e tem uma capacidade tremenda de dialogar com a sociedade e nessa caminhada pelo Senado preciso ampliar esse diálogo”, pontuou.

“Com o Agir nesse diálogo vai me ajudar muito a agregar setores importantes da sociedade goiana para que essa caminhada seja vitoriosa. Por outro lado, o Agir deve contribuir com propostas que devem ser levadas para o Senado que é de interesse do país, da República e de Goiás”, destacou.