15 de agosto de 2022
Cidades

Jeovalter estima que aumento do IPTU será menor que proposto e defende reajuste para atender “demandas”

O secretário de Finanças da prefeitura de Goiânia, Jeovalter Corrêa, defende a atualização da Planta de Valores, enviada pela prefeitura à Câmara – e que vai gerar aumento do IPTU e ITU – e destaca que, sem a medida, a prefeitura não terá condições de atender novas demandas.

 

Continua após a publicidade

Segundo ele, o ano foi de ajustes, mas, mesmo assim, é preciso aumentar a arrecadação. “O ano terminará melhor do que começou para as finanças da Prefeitura com os cortes de despesas que já promovemos”, define, à coluna Giro, do Jornal O Popular.

“A arrecadação está em queda por conta da economia. Não temos folga para qualquer aumento de despesas e de investimentos. Sem a correção do IPTU, que será quase a metade do proposto inicialmente, a Prefeitura terá dificuldades de atender novas demandas da cidade”.

Leia mais sobre:
Cidades