17 de abril de 2024
Política • atualizado em 12/02/2020 às 23:40

Iris define: é candidato e topa disputar convenção

O ex-governador Iris Rezende (PMDB) assumiu o comando do jogo eleitoral e se colocou na disputa. Após um dia intenso de articulações políticas, o líder peemedebista firmou sua pré-candidatura e disse que, se preciso for, enfrentará o empresário Júnior Friboi em junho, nas convenções.

 

“Nos momentos mais difíceis da política do nosso Estado e do nosso País, sempre fiz questão de estar presente. Por isso convidei, em apenas 24 horas, algumas lideranças representativas do PMDB e a imprensa para dizer ao meu povo e ao meu partido que, com humildade, me coloco como pré-candidato à disputa pelo Governo de Goiás”, exclamou o peemedebista em seu escritório na Avenida T9, na manhã de hoje.

Veja a reportagem de Rubens Salomão na TV 730

{youtube}rrKNB652DKE&list=UUf4Ez6ZNWZXFhgH-3eSZCjQ{/youtube}

O clima foi de festa e o ex-governador ressaltou, emocionado, que a decisão tomada não tem o objetivo de desmerecer o outro pré-candidato da sigla. “Eu quero que este momento seja um momento que fique na história do nosso partido como um gesto de amor ao partido, à Goiás e ao Brasil. O maior pecado na vida de um político é a omissão, a indiferença. Em um momento de dificuldade que vive o Governo, não é lícito a ninguém se omitir. Eu não poderia me ausentar quando o destino dos goianos está em jogo. Ou é agora, ou nunca!”, acrescentou.

Ao seu lado, endossando a postulação, estava o prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela. Até o início da semana Maguito defendia Friboi incondicionalmente. Hoje, disse que não “existem dúvidas sobre o seu apoio a Iris Rezende”.

“Sempre disse que Iris é o maior líder do nosso partido. Ele tem condições para disputar qualquer cargo, inclusive para a presidência da República. O que ele faz hoje é mais uma demonstração de nobreza, que deve ser aprendida pelos nossos jovens. Ele poderia se dedicar a vida pessoal, mas decidiu lutar pelo Estado de Goiás. Seguiremos juntos e lutaremos pela união de todo o PMDB”, afirmou Maguito.

O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), participou das conversas, mas não compareceu no ato de oficialização. O pré-candidato de seu partido, Antônio Gomide, deixará hoje a Prefeitura de Anápolis.

Ao lado de Iris, além de Maguito, estavam ainda a deputada federal Iris Araújo, Agenor Mariano, Paulo Borges, Agenor Rezende, Samuel Belchior, Nélio Fortunato, José Nelto e Wagner Guimarães. 

Leia mais:

 


Leia mais sobre: Política