25 de maio de 2022
Eleições 2012

Íris apareceu na campanha de Paulo Garcia, fez apelo e não poupou adversários

O evento reuniu cerca de 2 mil pessoas, segundo estimativa da organização, em pessoas que circularam pelo Centro de Convenções de Goiânia. A estrela do encontro foi Íris Rezende (PMDB), o ex-prefeito que renunciou recentemente e abriu espaço para a ascenção de Paulo Garcia, hoje, candidato à reeleição.

“Eu chorei”, disse Íris Rezende, ao falar no estilo que lhe é peculiar, confessando que sentiu uma emoção diferente quanto entrou no amplo espaço de eventos do Centro de Convenções. A plateia percebeu que o ex-prefeito, após as intervenções cirúrgicas para conter o problema da hérnia de disco, estava no momento especial.

Continua após a publicidade

O prefeito Paulo Garcia fez questão de chamar, para uma “foto histórica”, os ex-prefeitos Íris Rezende, Darci Accorsi e Pedro Wilson, que ele classificou em tom de voz alto como “os prefeitos mais bem avaliados” da história da capital. A plateia de militantes petistas, peemedebistas e de outros partidos, levantou as palmas e pode ver  um largo sorriso no rosto de Darci e Pedro.

Dona Íris de Araújo foi a única a discursar entre os candidatos a vereador, deputados estaduais e deputados federais que acompanharam o evento. Ela não poupou críticas ao grupo político que está no governo do Estado de Goiás

Se o objetivo era animar a militância de apoio a Paulo Garcia e candidatos a vereador, os discursos deram o caminho. E, por várias vezes, Íris Rezende reforço o apoio recebido, também, de servidores da prefeitura de Goiânia que estavam presentes.

Continua após a publicidade

Num dos pontos altos do discurso de Íris, o ex-prefeito afirmou que os cidadãos de Goiás estão “envergonhados” por causa da presença de políticos goianos nos escândalos, numa clara referência á Operação Monte Carlo e as relações de Carlos Cachoeira com os políticos goianos.

 

Leia mais sobre:
Eleições 2012