18 de abril de 2024
Goiânia

Iris amplia progressões para 1.963 servidores da saúde de Goiânia

Prefeito Iris Rezende assina decreto que amplia progressão horizontal para servidores - Foto: divulgação.
Prefeito Iris Rezende assina decreto que amplia progressão horizontal para servidores - Foto: divulgação.

O prefeito de Goiânia Iris Rezende assinou decreto que amplia progressão horizontal para mais 1.963 servidores da saúde no município. O decreto foi divulgado no mesmo dia de sua assinatura, na última sexta-feira (3). No total, 4.328 trabalhadores deste setor já foram beneficiados até agora com a valorização na carreira profissional. “Fazemos questão de prestar o devido reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelos nossos colaboradores”, afirma o prefeito.

Iris destaca que a retomada do processo de valorização só foi possível graças à melhoria da situação fiscal do município. “Sempre valorizei o servidor público e a primeira medida foi garantir que a prefeitura pudesse honrar com o salário em dia”, disse ele. “Passado o período de recuperação das finanças, voltamos a pagar dentro do mês trabalhado e, agora, melhoramos o plano de carreira dos colaboradores”, assegura.

A progressão horizontal é a movimentação do servidor na carreira e ocorre a cada dois anos de uma Referência para a outra, sendo que o PCCV estabeleceu 15 referências (posições na carreira), dentro do mesmo cargo e respectivo grau. A progressão considera o tempo de exercício no cargo e a avaliação de desempenho positiva do servidor.

Gestão

O PCCV é um instrumento de gestão da política de pessoal da Função Saúde e está fundamentado em princípios que visam assegurar à Administração Municipal e aos servidores o desenvolvimento de suas competências e atribuições com eficiência, eficácia e efetividade, objetivando a qualidade dos serviços prestados à população.

A atual gestão já concedeu progressão a outros 2.365 servidores no início do ano, somando 4.328 servidores da área até agora. Há casos de servidores que receberá até três letras de uma vez, pois a o benefício está suspenso desde 2012.

Além da Saúde, outras categorias também são contempladas com a concessão do benefício. Em abril foi divulgado a progressão para 5.935 professores da rede. Outras áreas como Fiscalização, Agente de Trânsito e Administrativo também estão com seus processos em análise e serão contemplados ainda nesta gestão.

Além disso, os 50 mil servidores públicos da Prefeitura de Goiânia voltaram a receber dentro do mês trabalhado desde fevereiro de 2019. Por lei, o poder público municipal tem até o dia 5 do mês subsequente ao vencido para quitar obrigações com pessoal ativo e inativo da administração direta, autárquica e fundacional. Com equilíbrio das contas públicas, o calendário de pagamentos deste ano foi formulado pela Secretaria Municipal de Finanças (Sefin) com previsão de adiantamento das remunerações.


Leia mais sobre: / / / / Goiânia