21 de maio de 2022
Cidades

IPVA: Operação da Sefaz visa reduzir inadimplência

Em parceria com a Polícia Militar do Estado de Goiás, a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) organizou uma série de operações para reduzir a inadimplência do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Para isso, são realizadas blitzes em Goiânia e em todo o Estado desde o início do mês de junho.

Só na última sexta-feira (19), os ficais da Gerência de Arrecadação e Fiscalização (Geaf), da Sefaz, interceptaram 58 veículos que estão com o IPVA atrasado durante fiscalização na capital.  Foram arrecadados mais de R$ 56 mil.

De acordo com a assessoria de imprensa da Sefaz, as operações são realizadas em vários pontos de Goiânia e cidades do interior, como Luziânia e Formosa, e duram em torno de duas horas. A média de arrecadação em cada blitz é de R$ 60 mil a R$ 70 mil.

Continua após a publicidade

Os veículos que passam pela barreira são vistoriados por um equipamento óptico que pela placa já informa os agentes se o licenciamento e IPVA estão regulares ou não. “Pela placa já sabemos se o proprietário está devendo. Assim, só são parados os condutores inadimplentes. Claro que pode ocorrer algum erro, mas temos mais de 99% de aproveitamento”, disse o assessor.

No local, também são montadas estruturas para que o condutor possa realizar o pagamento do imposto e ser liberado. “A legislação determina que no caso que for oferecida uma estrutura, com possibilidade de pagamentos, localização próxima a bancos, como a Caixa Econômica Federal, o condutor deve quitar o débito na hora”, explica a Sefaz.

Caso contrário, o veículo será apreendido e ficará no pátio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-GO) até que o IPVA e o licenciamento atrasados sejam pagos. 

Continua após a publicidade

Leia mais sobre:
Cidades