24 de julho de 2024
Cidades

Investigações paradas: Polícia Federal continua em greve

Os policiais federais em greve no Estado de Goiás decidiram em assembleia, na manhã desta sexta-feira (10), manter o movimento até o dia 16/08 (próxima quinta-feira), quando será realizada nova assembleia para decidir os rumos do movimento.

No dia 15/08, o Sindicato dos Policiais Federais em Goiás (SINPEFGO) participará de reunião com o Ministério do Planejamento, em Brasília, para ouvir proposta do governo para todos os policiais federais e servidores administrativos.

O Sindicato dos Policiais Federais avalia, em nota, que “a paralisação será mais intensa”.

Os policiais federais somente vão realizar serviços de urgência e emergência, além de flagrantes.

Segundo o Sindicato não será feita a emissão de novos passaportes e os que já foram emitidos só serão entregues se o portador comprovar a compra da passagem ou a urgência da viagem.

O movimento envolve todas as unidades da PF em Goiás, nas cidades de Anápolis e Jataí e paralisa, também, as investigações em andamento.


Leia mais sobre: Cidades

Altair Tavares

Editor e administrador do Diário de Goiás. Repórter e comentarista de política e vários outros assuntos. Pós-graduado em Administração Estratégica de Marketing e em Cinema. Professor da área de comunicação. Para contato: [email protected] .