15 de agosto de 2022
Mundo

Insatisfeitos com resultado da eleição, manifestantes pró-Trump invadem Congresso dos EUA

Protesto a favor de Trump invadiu Congresso e interrompeu sessão de certificação de vitória de Biden. (Foto: Reprodução/GloboNews)
Protesto a favor de Trump invadiu Congresso e interrompeu sessão de certificação de vitória de Biden. (Foto: Reprodução/GloboNews)

Milhares de manifestantes que apoiam o presidente Donald Trump invadiram nesta quarta-feira (6) o Congresso dos Estados Unidos, em Washington, durante a sessão de certificação da vitória de Joe Biden nas eleições.

Os apoiadores do republicano reagiram às falas do presidente de que houve fraude no pleito realizado em novembro. Sem provas, Trump tem afirmado que estados-chave para a vitória do democrata, como Geórgia, Pennsylvania, Nevada e Arizona, cometeram ilegalidades no processo.

O republicano, inclusive, ligou para uma autoridade eleitoral da Geórgia pedindo que ele encontrasse votos necessários para dar a ele a vitória sobre Biden no estado.

Continua após a publicidade

A invasão ocorreu enquanto Câmara e Senado debatiam se acatavam ou não uma objeção aos resultados do Arizona, tradicional reduto republicano vencido por Joe Biden na eleição, Segundo jornalistas americanos, houve tiros dentro do Capitólio. Uma mulher, conforme relatou a CNN, foi baleada.

A sessão de certificação da vitória de Biden foi interrompida. Deputados e senadores foram retirados do plenário e levados a um local seguro. O vice-presidente Mike Pence, que preside a sessão, foi retirado do Capitólio.

Também há relatos de que uma porta de vidro foi vandalizada, e a polícia do Congresso lançou gás lacrimogênio para tentar conter os manifestantes.

Continua após a publicidade