logomarcadiariodegoias2017

Zé Eliton 2018 Capa.jpgJosé Eliton de Figuerêdo Júnior, Zé Eliton (PSDB), 45 anos, será governador de Goiás a partir deste sábado (07/04). Ele sucede Marconi Perillo após 7 anos e 3 meses em que atuou como vice-governador, desempenhando funções estratégicas na gestão do Estado. Vem de família simples. Aprendeu em casa, inspirado pelo exemplo da família, que política é a arte de servir.

 Zé Eliton é filho de servidor público federal, o seu Eltim, que na infância ajudava a família vendendo doces produzidos pela avó, e de Mirtes Guimarães, ambos aposentados. É o filho mais velho e muito apegado às duas irmãs, Raquel e Renata, a quem muito admira e sempre incentivou. O novo governador defende ampliar a participação da mulher na política e no serviço público.

 Nascido em Rio Verde, em 27 de agosto de 1972, Eliton cresceu e passou parte da sua juventude na cidade de Posse, no Nordeste do estado, e sempre atuou em prol do desenvolvimento econômico e social na região.

 O novo governador de Goiás foi aluno e depois deu aulas no Colégio Dom Prudêncio, escola da rede pública estadual de Posse, onde se casou com o amor de sua vida, Fabrina Müller, que é bacharel em Direito e atualmente cursa Gastronomia. Eliton tem dois filhos: Fernando, 19 anos, e José Netto, 13 anos.

 Para dar continuidade aos estudos, Zé Eliton deixou a cidade de Posse e mudou-se para Goiânia, onde se formou em Direito pela Universidade Católica de Goiás, hoje Pontifícia Universidade Católica (PUC-GO). Na capital, passou pelas mesmas dificuldades de jovens estudantes universitários que andam de ônibus e vivem com simplicidade para concluir a formação acadêmica.

 Por viver na prática todos os desafios dos jovens para ter acesso à educação, emprego e oportunidades, decidiu, ainda muito cedo, ser porta-voz dessas causas, e buscar perspectivas concretas de avanço para minorar as dificuldades. Foi aí que ingressou na política. Especializou-se em Direito Eleitoral e sempre pregou a ação pública para fazer o bem.

 Atuou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e no Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO); na comissão de juristas do Senado Federal que elaborou o anteprojeto de reformulação do Código Eleitoral Brasileiro. Foi conselheiro do Instituto Goiano de Direito Eleitoral (Igdel) e fez parte das comissões de Direito Político e Eleitoral, bem como de Advogados Publicistas, ambas da OAB-GO.

 Eleições - O novo governador de Goiás entrou na política como candidato a vice na chapa do governador Marconi Perillo nas eleições de 2010, tendo sido reeleito na mesma posição da chapa majoritária, em 2014. Como vice-governador, assumiu no primeiro ano de gestão a presidência da Companhia Energética de Goiás (Celg Par), reestruturando a empresa e preparando-a para o processo de privatização.

 No segundo mandato, assumiu de imediato a maior pasta do governo, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED), que aglutinou as pastas de Indústria e Comércio, Comércio Exterior, Agricultura e Pecuária, Ciência e Tecnologia e Desenvolvimento Regional.

 Entre outras iniciativas, Zé Eliton lançou o Inova Goiás, a maior plataforma de tecnologia e inovação com iniciativas em todas as áreas de abrangência da SED, como a Rede de Itegos, que já ofertou em 200 municípios quase 700 mil vagas em cursos de formação e qualificação profissional até os de nível superior tecnológico.

 Zé Eliton já teve a oportunidade de governar o estado de Goiás por 23 ocasiões. Além disso, chefiou missões internacionais e negociações que resultaram em importantes investimentos para o estado.

 Em 2016, assumiu a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), tendo idealizado e presidido o Pacto Integrador Interestadual que hoje reúne 22 estados brasileiros e inspira políticas nacionais para o setor. Entre suas propostas estava o endurecimento das leis penais e processuais penais para garantir que os culpados por crimes cumpram suas penas na cadeia, além da criação do Ministério da Segurança Pública.

 Zé Eliton estruturou a integração dos serviços de inteligência das forças policiais e dos estados para o combate ao crime organizado, o que impactou positivamente a queda dos índices de criminalidade no estado.

 Em 2017, aceitou o desafio de coordenar o maior programa de investimentos em curso no país, o Goiás na Frente, que envolve mais de R$ 9 bilhões para investimentos em infraestrutura, logística e apoio aos municípios. Mais de 50% das obras desse plano de investimentos já foram executadas, beneficiando todas as regiões do estado.

 Zé Eliton tem percorrido todos os municípios goianos, e conhece Goiás como a palma de sua mão. Trabalha na perspectiva de ampliar os investimentos em inovação tecnológica, geração de empregos e desenvolvimento social, criando oportunidades para que todos tenham chance de crescer e progredir em ambiente de paz.

 É entusiasta do diálogo e quer definir, em parceria com a sociedade, os caminhos para avançar o desenvolvimento do estado, sem descuidar do equilíbrio das contas públicas, porque sabe que isso é fundamental para garantir segurança nas ruas, saúde de qualidade, educação transformadora, empregos e melhoria da qualidade de vida.

 Zé Eliton, como servidor público, tem o olhar voltado para o presente e o futuro, com atuação voltada especialmente para aqueles que mais precisam da ação do poder público.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

Reportagem Especial

TVDG

Coletiva com Leonardo Vilela sobre saúde de Goiânia
Coletiva com Leonardo Vilela sobre saúde de Goiânia
Leia mais no www.diariodegoias.com.br

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH