22 de maio de 2024
Crime

Indígena é preso suspeito de danificar estátuas de Cora Coralina e Leodegária, na Cidade de Goiás

As obras pertencem à Associação Mulheres Coralinas e são avaliadas em aproximadamente R$ 15 mil
As obras estavam expostas no Mercado Municipal. (Foto: Divulgação / PC)
As obras estavam expostas no Mercado Municipal. (Foto: Divulgação / PC)

Um indígena foi preso nesta segunda-feira (8), suspeito de danificar as estátuas de Cora Coralina e Leodegária que estavam expostas no Mercado Municipal localizado no centro da Cidade de Goiás.

De acordo com a Polícia Civil (PCGO) o crime aconteceu na tarde do último domingo (7). As obras pertencem à Associação Mulheres Coralinas e são avaliadas em aproximadamente R$ 15 mil.

O indígena foi autuado em flagrante pelo crime de dano qualificado e recolhido na unidade prisional por não ter pago o valor da fiança arbitrada.

Testemunhas contam que as estátuas de Cora, foram jogadas no chão e golpeadas repetidas vezes por um homem embriagado. Já as obras que estavam frente à Livraria Leodegária foram instaladas em bancos há quatro anos


Leia mais sobre: / / / Cidades

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.