26 de maio de 2022
Destaque

Hospital das Clinicas projeta redução de expansões após corte de Bolsonaro na saúde

Corte no orçamento dos Hospital das Clínicas chega a R$ 100 milhões
Corte no orçamento dos Hospital das Clínicas chega a R$ 100 milhões

Apesar dos vetos do presidente Jair Bolsonaro (PL) ao orçamento de 2022 terem atingido em cheio os hospitais ligados a universidades federais, o Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Estado de Goiás (HC-UFG) ressalta que os serviços prestados atualmente não serão alterados. Apenas futuras expansões poderão ser revistas.

Segundo os vetos publicados no Diário Oficial da União (DOU) ontem (24/01), R$ 100 milhões foram cortados da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), que administra os serviços médicos ligados às instituições de ensino. O veto é referente ao “funcionamento e gestão de instituições hospitalares federais”.

Por meio de nota enviada ao Diário de Goiás, a Ebserh, destaca que “que os recursos que foram vetados do Orçamento de 2022 fazem parte de emenda orçamentária proposta pela Comissão de Educação e não de programa específico da estatal e, dessa forma, tem impacto menor no orçamento da Ebserh e nas atividades do hospital”, pontua. A nota ainda destaca que o HC irá trabalhar para otimizar os recursos.

Continua após a publicidade

Leia mais sobre:
Brasil Destaque