28 de fevereiro de 2024
Ataque

Hackers invadem sites do governo do Ceará com mensagens pedindo  “morte de Lula”

O governo do Ceará informou que equipes técnicas estão trabalhando para restaurar os serviços e a Polícia Civil já está investigando o caso
Sites foram hackeados durante a madrugada. (Foto: Divulgação)
Sites foram hackeados durante a madrugada. (Foto: Divulgação)

Os sites oficiais do Governo do Estado do Ceará, foram hackeados na madrugada desta segunda-feira (12). Os criminosos deixaram mensagens exigindo anulação dos votos dos nordestinos, intervenção militar e a ”morte” do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Está na hora de cortar o mal comunista pela raiz! Morte ao Lula! E a todos os seus comparsas”, diz o texto deixado pelos invasores. Uma outra mensagem parte para a xenofobia: “Pela anulação de votos de todo o povo do Nordeste! Voto de Nordestino não conta”, diz.

Dos mais de 118,5 milhões de votos válidos registrados no segundo turno da eleição, que aconteceu no dia 30 de outubro, pelo menos 32,5 milhões foram da Região Nordeste.

Em nota, o governo do Ceará informou que equipes técnicas estão trabalhando para restaurar os serviços e a Polícia Civil já está investigando o caso.  De acordo com Izolda Cela, governadora do Ceará, o ocorrido terá ação de responsabilização legal. Confira na íntegra nota do governo cearense:

“O Governo do Ceará informa que as autoridades policiais estão investigando o ataque criminoso aos sites oficiais registrado na manhã desta segunda-feira (12). Equipes de Tecnologia da Informação trabalham para que o acesso aos sistemas de serviço à população esteja preservado. 

O povo cearense lamenta a publicação de ameaças marcadas por xenofobia, racismo, ameaça de morte e violência política, que terão sua devida responsabilização legal”. 


Leia mais sobre: / Brasil / Política

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.