03 de março de 2024
Conflitos

Guerra na Ucrânia deve ser pauta de Biden e Lula

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky também pediu um encontro com o chefe do executivo brasileiro
Lula sente-se ao lado de Joe Biden, presidente norte-americano (Foto: Ricardo Stuckert)
Lula sente-se ao lado de Joe Biden, presidente norte-americano (Foto: Ricardo Stuckert)

O presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden deseja um encontro com o presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante a cúpula do G7, em Hiroshima, no Japão para tratar sobre os conflitos no Leste Europeu e a Guerra na Ucrânia. A informação é do conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, Jake Sullivan.

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky também pediu um encontro com o chefe do executivo brasileiro mas não há na agenda de Lula previsões de reuniões bilaterais tanto com o ucraniano como com Biden.

O assunto da Ucrânia tem sido pauta para Lula em reuniões com outros chefes de Estado. Hoje (20) ele jantou com o premiê da Alemanha, Olaf Scholz. Os dois debateram sobre a construção de caminhos para a reconstituição da paz na Ucrânia e sobre a agenda ambiental. Eles também acertaram a segunda edição das Consultas Intergovernamentais de Alto Nível Brasil-Alemanha, prevista para 4 de dezembro, em Berlim.


Leia mais sobre: Mundo

Domingos Ketelbey

Jornalista e editor do Diário de Goiás. Escreve sobre tudo e também sobre mobilidade urbana, cultura e política. Apaixonado por jornalismo literário, cafés e conversas de botequim.