22 de abril de 2024
Lênia Soares

Guerra Adib x Jardel ganha novo capítulo em Catalão

A cidade de Catalão vai viver um Natal de definições. Cassado na tarde de ontem, 19, o prefeito Jardel Sebba (PSDB) corre contra o tempo para entrar com recurso judicial na tentativa de retomar o Poder Executivo. Até que ele consiga, o cargo é de Deusmar Barbosa (PMDB), presidente da Câmara Municipal.

Enquanto isso, o que a população assiste é o clima de guerra eleitoral. O 20 turno de uma disputa que nunca se encerrou entre os adversários. O velho embate Jardel x Adib voltou, com força, às ruas e às redes sociais. O grupo do ex-prefeito Adib Elias (PMDB) comemora a decisão, e o de Jardel rebate.

Um ambiente que deve persistir independe do resultado jurídico, já que mesmo com a volta para Prefeitura, Jardel Sebba continuará com o futuro incerto. Com uma liminar, o tucano derruba a decisão, mas não encerra o processo. Os fatos ainda serão contestados.

Na base da guerra política, a tendência é subir o tom. Vide o histórico do município. Neste aspecto, Catalão vai passar pelas festas de fim de ano tomado pelo clima de reta final de eleição.

Juridicamente, o assunto tem lastro. Do ponto de vista político, nunca teve fim. Ainda que proibidos de disputar novamente as eleições, Adib e Jardel serão protagonistas indiretos da nova batalha.

Em campanha, seus aliados propagam discursos antecipados. “O PMDB, em Catalão, está com o espírito do Fluminense. Não conseguiram ganhar no campo, querem ganhar no tapetão”, declarou o deputado estadual Fábio Sousa (PSDB).

Do outro lado, o presidente estadual do PMDB, Samuel Belchior, tenta manter o entusiasmo. “A decisão é em primeira instância e cabe recursos, mas para o nosso partido a possibilidade de uma nova eleição e a vitória nas urnas é muito bom. Isso nos fortaleceria em uma cidade muito importante em Goiás.”

Um capítulo que pode ser lido como uma vitória democrática, em que a população terá a chance de corrigir um erro no processo eleitoral, ou como um dano social, em que a instabilidade política permeia o imaginário do cidadão catalano. 


Leia mais sobre: Lênia Soares