19 de julho de 2024
Direitos Humanos • atualizado em 31/08/2022 às 15:12

Grupo de Trabalho para construir Plano Municipal de Igualdade Racial é criado pela Prefeitura de Goiânia

O GT tem objetivo de participar da formulação, implementação, monitoramento e avaliação da Política Municipal de Igualdade Racial da capital
A próxima reunião do GT está marcada para a quinta-feira, dia primeiro de setembro. Foto: Secom
A próxima reunião do GT está marcada para a quinta-feira, dia primeiro de setembro. Foto: Secom

A criação do Grupo de Trabalho (GT) para tratar de questões relativas a construção do Plano Municipal de Igualdade Racial e Ações Afirmativas de Goiânia foi formalizado pela Prefeitura da capital, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas (SMDHPA). O objetivo do grupo é participar da formulação, implementação, monitoramento e avaliação da Política Municipal de Igualdade Racial de Goiânia, com foco na elaboração de um Plano Municipal.

Por determinação do prefeito Rogério Cruz, o plano será construído de forma conjunta com diversos segmentos da sociedade, validadas por meio de consulta pública. Após sua criação, o anteprojeto de lei será encaminhado para discussão na Câmara Municipal de Goiânia e, em seguida, direcionado para sanção do prefeito.

O GT realizará encontros periódicos para discutir e apronfundar diálogos com o poder público e a sociedade civil. A ação visa construir uma política pública que seja permanente e aberta à participação dos cidadãos goianienses, com o apontamento de objetivos e definição de princípios e diretrizes, decididos em conjunto.

A composição do grupo terá membros das Secretarias Municipais de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas e de Desenvolvimento Humano e Social, representantes da Universidade Estadual de Goiás, Universidade Federal de Goiás e Instituto Federal de Goiás e integrantes de comunidades tradicionais (comunidade de terreiro, cigana, indígena e quilombola).

Os participantes do GT já têm encontro marcado para a próxima quinta-feira (1), na Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas. Na reunião, tratarão de temas como diversidade cultural, direitos humanos, segurança pública, desenvolvimento urbano e econômico, educação, saúde e segurança alimentar e discriminação múltipla ou agravada dos afrodescendentes.


Leia mais sobre: / / Goiânia