22 de abril de 2024
Lênia Soares

Grupo de Maguito, que defende Friboi, quer elaborar plano de governo

O PMDB de Aparecida de Goiânia, presidido pelo vereador Ezizio Barbosa, apresentou na tarde desta quarta-feira, 15, proposta de criação de um grupo de trabalho para a elaboração do plano de governo da oposição. O documento foi entregue ao presidente estadual do partido, deputado Samuel Belchior.

A ala da legenda, ligada ao prefeito Maguito Vilela (PMDB), adiantou que a iniciativa independe de nomes. “O intuito é formar o embrião do que será o projeto de governo”, explica a carta.

Em todo caso, ao Diário de Goiás Ezizio declarou apoio ao pré-candidato do partido, José Batista Júnior, o Júnior do Friboi. “Acredito que ele é o candidato mais forte para enfrentar o governador”, disse o vereador no dia 30 de dezembro, durante o balanço da administração de Aparecida.

Maguito também não esconde sua preferência – pelo menos a que evidencia. Segundo o peemedebista, hoje Friboi é sinônimo de vitória. “Se levarmos em consideração sua capacidade de crescimento na esfera privada, veremos que sua experiência administrativa é vasta. Ele pode, sim, aglutinar alianças e garantir o sucesso eleitoral”, ressaltou ao DG.

Vale lembrar que a ideia de elaboração de um projeto de gestão não é nova no PMDB. A deputada federal Iris Araújo tomou a iniciativa com a Caravana da Oposição, no ano passado. Movimento esvaziado pela ausência dos companheiros de partido, inclusive dos que agora se propõem ao mesmo trabalho.

Do ponto de vista de um aliado petista, o deputado federal Rubens Otoni, a discussão é positiva porém deve seguir calendário próprio, e não as provocações dos adversários. Na prática, a apresentação de propostas administrativas é alvo fácil de quem tem a máquina pública nas mãos, para atacar e desconstruir.

“Quem tem que guiar a pauta da oposição é a oposição”, lembrou o deputado, desqualificando as críticas governistas.

“Quando apresentarmos as propostas, vão cobrar os nomes”, acrescentou, ressaltando a ‘lógica’ por trás das cobranças.

O movimento dos peemedebistas não deixa de ser uma tentativa de realização de uma oposição estratégica. Sem unidade, porém, os aspirantes ao governo do Estado continuam também sem foco.


Leia mais sobre: Lênia Soares