19 de junho de 2024
Destaque 2 • atualizado em 21/10/2020 às 19:25

Governo lança programas no interior para garantir emprego e renda

Caiado assina parceria do Estado com Fecomércio para garantir manutenção de vagas de emprego e geração de renda
Caiado assina parceria do Estado com Fecomércio para garantir manutenção de vagas de emprego e geração de renda

O governo do Estado de Goiás lançou nesta quarta-feira (21/10) em Itumbiara, os programas Mais Crédito e Mais Empregos, desenvolvidos pela Secretaria de Estado da Retomada, em parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Goiás (Fecomércio). A medida irá auxiliar empresas, em especial micro e pequenas, a se restabelecerem das consequências provocadas pela pandemia de Covid-19.

Presente no evento, o governador Ronaldo Caiado (DEM) ponderou que os programas iriam colaborar com a empregabilidade e geração de renda na região. “Vamos recuperar a parte empresarial, que emprega. Vocês geram riqueza e temos que dar apoio a todos vocês”, disse Caiado durante o discurso. “Essa parceria visa preparar e sinalizar alternativas para que micro e pequenos empresários acreditem no potencial que têm para voltar às suas atividades”, ponderou. 

O governador ressaltou que a conjugação de forças dos mais variados setores, com independência, é fundamental para o desenvolvimento do Estado. “Não tem que ter ‘toque de clarineta’ quando o governador passa. Ouvir outras visões é importante para alcançar nosso único objetivo: melhorar a qualidade de vida da população”, sublinhou. 

O secretário da Retomada, César Moura, destacou que as grandes empresas, quando enfrentam dificuldades, têm algumas opções para driblar a crise, como a recuperação judicial e o alongamento de dívidas. “Já os micro e pequenos empreendedores não têm condição de fazer isso. Nós conseguimos trazer para o interior um ambiente de câmara de conciliação e negociação de débitos”, afirmou, ao mostrar as ferramentas disponibilizadas para auxiliar aqueles que precisam da mão do Estado. 

César Moura acrescentou que é preciso “olhar o empreendedor mais vulnerável”, a exemplo do que tem feito Caiado em todas as áreas de governo, quando prioriza ações para a população mais carente do Estado. Essa política foi exemplificada pelo secretário quando o governador, à época do primeiro decreto depois do início da pandemia, direcionou os recursos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO) para as pequenas empresas.

Mais Crédito

O projeto oferece bancas de conciliação, negociação de dívidas entre instituições financeiras e uma maratona de acesso a linhas de crédito. A GoiásFomento é a principal parceira do programa desde que foi criado.

“Ao invés de baixar o valor de impostos para alguns, como era feito antigamente, o senhor vem e injeta capital no mercado, gerando mais renda e emprego”, assinalou o presidente do Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas) de Itumbiara, Egídio Luiz Guizzetti Paiva.

Mais Empregos

O programa tem o propósito de conectar trabalhadores com as vagas de empregos e oportunidades de capacitação, de acordo com a demanda de mercado local. O objetivo é integrar captação de mão de obra com qualificação profissional. 

O serviço orienta, por exemplo, os trabalhadores sobre os mais de 100 cursos gratuitos e on-line disponíveis no site do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), como marketing digital, planejamento estratégico do negócio, entre outros.

Os serviços oferecidos devem ser agendados.  As datas disponíveis são entre os dias 03 e 27 de novembro. Durante o mesmo período, haverá atendimento simultâneo em Itumbiara, Minaçu, Catalão, Rio Verde, Porangatu, Ceres, Mineiros, Goiânia e Anápolis. 

Na primeira fase de operação dos programas Mais Emprego e Mais Crédito, a ação funcionou em Goiânia, na Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg), de 14 de setembro a 02 de outubro. Foram realizados, no período, 2.643 atendimentos.


Leia mais sobre: / / / / / Destaque 2