22 de maio de 2024
Destaque

Governo do estado divulga lista de jovens pré-selecionados para Programa Aprendiz do Futuro

Foto: Lucas Diener.
Foto: Lucas Diener.

O governo de Goiás divulgou nesta quarta-feira (1/9) os nomes dos 5 mil jovens pré-selecionados para participar do Programa Aprendiz do Futuro.

De acordo com nota do governo, o resultado preliminar está disponível no site www.aprendizdofuturo.org.br. Também neste endereço eletrônico é possível visualizar a lista de pessoas que estão no cadastro de reserva, além de ter acesso ao formulário para recurso, que tem prazo de envio até à próxima sexta-feira (3).

O governo informa que os recursos e o resultado final serão divulgados em 10 de setembro e com a convocação dos selecionados a partir do dia 13 de setembro. Os jovens contratados para aprendizagem profissional em órgãos estaduais passarão por cursos de qualificação técnica e terão o desempenho escolar acompanhado. Eles recebem, além do pagamento do programa, no valor de R$ 516,66, vale-alimentação, vale-transporte, seguro de vida, uniforme e crachá.

O Programa Aprendiz do Futuro oferece, inicialmente, vagas para 5 mil jovens de 14 e 15 anos, com renda familiar de até dois salários mínimos. As vagas são para os 246 municípios goianos. Os interessados devem ser alunos da rede pública ou bolsistas da rede particular.

Para estudantes com deficiência, eles têm cota de 5% a 10% e não precisam obedecer ao critério da idade. E os Jovens de comunidades tradicionais (quilombolas, ciganas ou indígenas), vítimas de um ciclo familiar de violência doméstica ou remanescentes do sistema socioeducativo têm prioridade.

O programa do estado tem o intuito de oferecer a promoção da inclusão social, aumento na renda familiar, melhoria na qualidade de vida e garantia da permanência do jovem na escola.

O programa visa ainda contribuir para a formação e qualificação técnico-profissional dos beneficiados. Os cursos oferecidos estão entre as principais demandas do mercado, e as disciplinas escolares básicas, como português e matemática, serão reforçadas.


Leia mais sobre: / Destaque / Política