30 de maio de 2024
Segurança Pública • atualizado em 25/03/2024 às 16:32

Governo amplia capacidade em duas unidades prisionais de Luziânia; mais 220 novas vagas

A Casa de Prisão Provisória Policial Penal Jaílton Barbo Ferreira e a Unidade Prisional Regional de Luziânia vão ganhar mais 110 vagas para presos em cada
As obras iniciaram na última sexta-feira (20), com mão de obra dos detentos. Foto: Divulgação/DGPP
As obras iniciaram na última sexta-feira (20), com mão de obra dos detentos. Foto: Divulgação/DGPP

O Governo de Goiás vai ampliar a capacidade de atendimento em duas unidades prisionais de Luziânia, para mais 220 vagas. A Casa de Prisão Provisória Policial Penal Jaílton Barbo Ferreira e a Unidade Prisional Regional (masculina) de Luziânia terão 110 vagas a mais cada uma.

As obras já começaram na última sexta-feira (22). O investimento de cerca de R$ 650 mil é proveniente de recursos do Poder Judiciário goiano, aplicados por meio do Conselho da Comunidade. A mão de obra será realizada pelos custodiados das próprias unidades.

Além da ampliação de vagas, outras melhorias serão feitas nas unidades. Na UPR masculina, também haverá construção de brinquedoteca, ampliação das salas de aula e pintura externa e interna do prédio. Já a Unidade Prisional Regional Feminina receberá a revitalização do pátio de banho de sol e reformas do módulo de respeito e do alojamento dos servidores e da chefe de equipe.

De acordo com o diretor-geral adjunto de Polícia Penal, Firmino José Alves, as obras visam não apenas a capacidade de atendimento de novo presos, mas trazer também uma melhor qualidade de vida aos detentos atuais. “Vamos melhorar as condições de custódia dos presos, de ressocialização e de trabalho para os policiais penais”, destacou.

Além das obras nas unidades, a Diretoria-Geral de Polícia Penal conseguiu acertar o direito a um espaço fora dos presídios, para colocar equipe multidisciplinar para prestar atendimento de saúde mental aos servidores penitenciários.


Leia mais sobre: / / / / Notícias do Estado

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.