14 de junho de 2024
Cidades

Governador apresenta cronograma de obras do novo aeroporto de Goiânia

O governador Marconi Perillo recebeu do Tribunal de Contas da União – TCU – e da Infraero o relatório que define o cronograma para o início das obras do Terminal de Passageiros e do Projeto de Infraestrutura da pista do novo Aeroporto de Goiânia.

O cronograma fixa para hoje a assinatura do aditivo que foi acordado com o Consórcio Odebrecht/Via Engenharia para que as obras sejam reiniciadas. Prevê, ainda, para 1º de maio deste ano o reinício das obras do Terminal de Passageiros e para o dia 1º de agosto as demais obras de infraestrutura.

Marconi comemorou o destravamento dessa obra que considera muito importante para o Estado e agradeceu a deferência do ministro do TCU Raimundo Carreiro e do diretor de Gestão de Empreendimentos da Infraero, José Irenaldo Leite, que quarta-feira o receberam e garantiram o desbloqueio dos empecilhos, o que vai contribuir para que as obras sejam reiniciadas.

O governador estendeu o agradecimento ao presidente da Infraero, Gustavo Vale, e ao Exército brasileiro, nas pessoas do Chefe do Departamento de Engenharia e Construção do Exército, General Joaquim Maia Brandão Júnior, e do Comandante do Exército, General Enzo Martins Peri.

A seguir, o cronograma, repassado ao governador Marconi Perillo, das obras do Aeroporto de Goiânia:

1 – Aeroporto de Goiânia
1.1 – Projeto do Terminal de Passageiros
– Apresentação do Orçamento à Infraero: 13/03/13
– Aprovação do Orçamento pela Infraero: até 23/03/13
– Encaminhamento do Projeto e do Orçamento pela Infraero ao TCU: até 30/03/13
– Início das Obras 01/05/13

1.2 – Projeto de Infraestrutura – Complementação do Projeto do Exército
– Assinatura do Aditivo com o Consórcio: 15/03/13
– Conclusão do Projeto e Orçamento: até 15/06/13
– Aprovação do Orçamento pela Infraero: até 30/06/13
– Encaminhamento do Projeto e do Orçamento pela Infraero ao TCU: 10/07/13
Liberação pelo TCU/Infraero; até 30/07/13
– Início das Obras: 01/08/13


Leia mais sobre: Cidades