09 de agosto de 2022
Aliança

Gostaria de ver Marconi Perillo na frente progressista, afirma Fernando Tibúrcio

Filiado ao PSB, advogado é uma das apostas da sigla para a chapa majoritária
Advogado Fernando Tibúrcio pode ser candidato a vice ou senador (Foto: Reprodução)
Advogado Fernando Tibúrcio pode ser candidato a vice ou senador (Foto: Reprodução)

Cotado para ocupar uma vaga de vice ou de senador na chapa majoritária, o advogado Fernando Tibúrcio (PSB) disse ao Diário de Goiás que gostaria de contar com a presença do ex-governador Marconi Perillo (PSDB) na chamada frente progressista, que englobaria uma aliança entre tucanos e petistas.

“Gostaria muito de ver o ex-governador Marconi Perillo emprestando seu capital e experiência políticos para a composição de uma frente verdadeiramente progressista, especialmente em um momento em que Goiás tem tantos desafios pela frente. Mais do que isso, em um momento em que a democracia está em risco no Brasil”, afirmou.

Apesar de ter sido oficializado como pré-candidato a governador durante evento do PSDB, no dia 16 de julho, Marconi tende a desistir da disputa pelo Palácio das Esmeraldas. No momento, as opções na mesa são concorrer a senador ou a deputado federal. A decisão ficará para esta sexta-feira (05/08).

Continua após a publicidade

Com isso, ganha força o nome do ex-reitor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) Wolmir Amado (PT) para encabeçar a chapa. Se Marconi for candidato a senador, a vice deve ficar com o PSB. Se Marconi for candidato a deputado federal, o PSB pode preencher as vagas de vice e de senador, sendo o ex-governador José Eliton a outra aposta da sigla.

LEIA TAMBÉM: Se Marconi Perillo for candidato a deputado federal, PSDB pode ficar fora da chapa majoritária

“Fico feliz do meu nome estar sendo lembrado, mas a composição de uma chapa majoritária demanda desprendimento e visão de conjunto. Nesse sentido, não posso analisar o tema por uma perspectiva pessoal”, declarou Tibúrcio.

Continua após a publicidade

Ele já foi secretário da Casa Civil na gestão de Eliton, em 2018, e é irmão do ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) Henrique Tibúrcio, além de ser um dos principais interlocutores goianos da chapa para presidente formada por Lula (PT) e Geraldo Alckmin (PSB).

Tibúrcio, que tem uma relação de proximidade com Marconi, também atua na área internacional. O advogado é considerado especialista em assuntos políticos e de direitos humanos na América Latina.