18 de abril de 2024
ELEIÇÕES 2024

Gomide mantém ampla frente para prefeito em Anápolis, diz pesquisa DM/Dados Pesquisa

Pesquisa avaliou a intenção dos eleitores de forma estimulada e espontânea
Tanto na espontânea quanto na estimulada, a qual gerou três possíveis cenários, Gomide assume a liderança nas intenções de voto. (Foto: Reprodução)
Tanto na espontânea quanto na estimulada, a qual gerou três possíveis cenários, Gomide assume a liderança nas intenções de voto. (Foto: Reprodução)

Um levantamento divulgado pelo Diário da Manhã de Anápolis em parceria com o Instituto Dados Pesquisa e Consultoria Ltda. (DM/Dados Pesquisa), aponta que o deputado estadual Antônio Gomide (PT) é o preferido a assumir a prefeitura de Anápolis, com 14,43% das intenções de voto. A pesquisa avaliou a intenção dos eleitores de forma estimulada e espontânea, com nível de confiança de 97%, com margem de erro de 3,5 para mais ou menos.

A pesquisa espontânea, que é quando o pesquisador não apresenta os possíveis candidatos, apenas questiona ao entrevistado qual a intenção de voto dele, a pesquisa mostrou que a liderança é de Gomide (14,43%), seguindo por Major Vítor Hugo (PL), com 6,62%, Márcio Corrêa (4,36%), Roberto Naves (3,72%) e Márcio Cândido (3,36%).

Outros também lembrados foram Amilton Filho (2,81%), Leandro Ribeiro (2,09%), Hélio Lopes (0,64%), Professor Edergênio (0,54%), Eerizania Freitas (0,45%) e Dr. Carlos Hassel (0,27%).

Sobre os que não sabem ou não opinaram sobre a intenção de voto, somam 40,11% dos entrevistados, enquanto 20,33% dos eleitores afirmaram que não vão votar em nenhum dos candidatos para prefeito em Anápolis.

A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral sob o número GO05832/2024.

Possíveis cenários

Conforme divulgado, a pesquisa questionou aos entrevistados da estimulada, em quem eles votariam caso as eleições para prefeito fossem na data em que o levantamento estava sendo realizado (entre 30 de janeiro e 02 de fevereiro), gerando três possíveis cenários. Em todos os cenários idealizados pelo levantamento, Antônio Gomide lidera as intenções de votos.

Em um primeiro cenário, foram colocados para jogo os nomes de Gomide, Major Vitor Hugo, Márcio Corrêa (MDB), Márcio Cândido (PSD), Amilton Filho (MDB), Leandro Ribeiro (PP), Hélio Lopes (PSDB), Professor Edergênio (PSOL), Eerizânia Freitas (Republicanos) e Dr. Carlos Hassel. Com isso, o petista seguiria na liderança com 30,85%, enquanto o Major Vítor Hugo se mantém na lanterna a 18,15 pontos percentuais de Gomide, com 12,70% das intenções de voto.

Seguindo os nomes listados pela pesquisa estimulada, aparecem Márcio Corrêa (7,53%), Márcio Cândido (6,26%), Amilton Filho (6,08%) e Leandro Riberio (4,45%), enquanto os demais candidatos (Eerizânia Freitas, Professor Edergênio, Dr. Carlos Hassel e Hélio Lopes), somam juntos 2,9%.

Sobre os que declararam não votar em nenhum dos nomes apresentados, foram 16,33%, e 12,89% não souberam ou não opinaram.

O segundo cenário estimulado considerou a disputa sem o nome do Major Vítor Hugo (PL), que ainda não definiu se irá disputar a eleição em Anápolis. Com a tabela, Antônio Gomide cresce, atingindo 32,12% das intenções de voto. A segunda posição passa a ser ocupada pelo vice-prefeitos Márcio Cândido, com 8,35%, e Amilton Filho assume a terceira posição com 8,17%.

Já Márcio Côrrea ocupa o quarto lugar (4,90%), enquanto os demais (Eerizânia Freitas, Professor Edergênio, Dr. Carlos Hassel e Hélio Lopes) somam 3,17%. Entre os entrevistados, 21,32% disseram que não votariam em nenhum dos nomes dispostos e os que não sabem ou não opinaram totalizam 14,16%.

Em um terceiro cenário, também sem O Major Vítor Hugo e sem os outros, foram listados Antônio Gomide, Márcio Cândido, Márcio Corrêa, Professor Edergênio e Hélio Lopes. Considerando os nomes, o petista segue na liderança com 33,76%. Já o vice-prefeito aparece com 11,43%, enquanto Márcio Côrrea soma 8,53%.

Em seguida vem Professor Edergênio (1,27%) e Hélio Lopes (0,54%). Os entrevistados que não declararam intenção de voto em nenhum dos nomes dispostos somam 24,32% e os que não sabem ou não opinaram são 20,15%.


Leia mais sobre: / / / / / Eleições 2024

Maria Paula

Jornalista formada pela PUC-GO em 2022 e MBA em Marketing pela USP.