24 de junho de 2024
PROJETO 2024

Goiás tem destaque para dois projetos de economia de energia elétrica

Objetivo é implantar ações de eficiência energética, reduzindo gastos das unidades consumidoras
As UCs têm contratos que pagam a taxa baseada na demanda contratada. (Foto: Divulgação)
As UCs têm contratos que pagam a taxa baseada na demanda contratada. (Foto: Divulgação)

O Governo de Goiás implantou dois projetos destaques para a área de energia elétrica em 2024, sendo eles os programas Eficiência Energética e Matriz Energética, sob responsabilidade da Secretaria Geral de Governo (SGG), por meio da subsecretaria de Energia, Telecomunicações e Cidades Inteligentes. O objetivo é implantar ações de eficiência energética, reduzindo gastos das unidades consumidoras do poder público estadual.

O programa Eficiência Energética abrange tanto a administração direta quando a indireta, por meio de acordos de cooperação celebrados com a SGG. Houve ainda a contratação da Celgpar para estudar ajustes de demanda e adequação do grupo e modalidade tarifária para Unidades Consumidoras (UCs) do grupo A.

As UCs têm contratos que pagam a taxa baseada na demanda contratada, portanto, o projeto visa otimizar os valores com base no consumo de energia elétrica real.

As UCs do grupo A devem migrar para o Ambiente de Contratação Livre (ACL), exceto a Saneago, para economizar 20 a 30% nos gastos com energia elétrica. Vale ressaltar que a estimativa é para o Poder Executivo Estadual.

Já as do poder público, do grupo B, o projeto objetiva implementar usinas fotovoltaicas para compensar o consumo de energia elétrica, economizando também 20 a 30% do consumo anual.

Segundo o subsecretário de Energia, Telecomunicações e Cidades Inteligentes, Renato Lyra, a redução dos custos permite que o governo estadual invista em outras áreas, como por exemplo educação, saúde e segurança pública.

Matriz Energética

O programa Matriz Energética, por sua vez, tem como objetivo analisar a composição da matriz energética estadual, desenvolvendo formas de torná-las renovável e verde, considerando tecnologias e soluções inovadoras. De acordo com Lyra, Goiás tem um grande potencial de gerar energia e combustíveis renováveis.

“Com o programa, esperamos estimular o desenvolvimento da matriz energética renovável.  A ideia é abraçar o potencial de geração de energia no Estado para que sirva como fonte de desenvolvimento social e econômico”, explica.


Leia mais sobre: / / / / / Notícias do Estado

Maria Paula

Jornalista formada pela PUC-GO em 2022 e MBA em Marketing pela USP.