13 de agosto de 2022
Oportunidade • atualizado em 19/07/2022 às 21:14

Governo de Goiás publica edital de concurso com mais de 5 mil vagas para professores

Salários variam de R$ 1.971,69 a R$ 3.943,37 e serão acrescidos com R$ 1.000 de auxílios alimentação e aprimoramento
Aprovados em concurso público integrarão rede estadual de ensino, que conta com 1.049 unidades escolares (Foto: Divulgação Seduc)
Aprovados em concurso público integrarão rede estadual de ensino, que conta com 1.049 unidades escolares (Foto: Divulgação Seduc)

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Administração (Sead), divulgou, nesta sexta-feira (15/7), o edital do concurso público para provimento de 5.050 vagas no cargo de professor nível III, do quadro permanente do magistério da Secretaria de Estado da Educação (Seduc). As inscrições poderão ser feitas no período de 14 de agosto a 12 de setembro. A taxa de inscrição será de R$ 100.

A seleção será realizada em três etapas: provas objetivas e discursivas, com caráter classificatório e eliminatório; e a prova de títulos, que possui apenas função classificatória. A primeira fase do concurso ocorrerá em 25 de setembro. Os aprovados vão atuar na rede estadual de ensino, em todas as regiões de Goiás. A convocação dos aprovados começará no início de 2023.

A remuneração inicial é classificada conforme a carga horária estabelecida pela Seduc, podendo ser 20, 30 ou 40 horas semanais e varia de 1.971,69 a R$ 3.943,37. Os valores serão acrescidos pelo auxílio-alimentação, de R$ 500; e auxílio aprimoramento, também de R$ 500, nos termos das legislações vigentes.

Continua após a publicidade

É a primeira vez que são ofertadas vagas para profissionais Indígenas, Quilombolas, intérpretes de Libras e instrutores de Libras e Braille. Este será o maior concurso realizado na Educação nos últimos 12 anos em Goiás. O concurso anterior, realizado em 2018, os aprovados não foram convocados à época. No início de 2019, a atual gestão fez o chamamento dos 500 professores aprovados.

Para mais informações, os interessados devem acessar o Edital 007/2022 na íntegra, assim como os demais comunicados, disponíveis nos portais da Escola de Governo e do Instituto Americano de Desenvolvimento – Iades, instituição responsável pela organização do certame.

LEIA TAMBÉM: HDT abre processo seletivo para cadastro de reserva (diariodegoias.com.br)

Continua após a publicidade

A rede estadual

Os 5.050 professores aprovados no concurso público integrarão a rede pública estadual que, atualmente, conta com 1.049 unidades escolares e atende mais de 500 mil estudantes do Ensino Fundamental, sobretudo do 6º ao 9º ano, do Ensino Médio, da Educação de Jovens e Adultos (EJA), além do Ensino Especial.

São 40 Coordenações Regionais de Educação que contemplam os 246 municípios goianos e seus distritos e povoados. Os novos professores efetivos das escolas estaduais encontrarão novas escolas, escolas reformadas, reequipadas e preparadas para os desafios do século 21. A rede estadual de Goiás, 1º lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), recebeu, desde 2019, R$ 4 bilhões em recursos.

Valorização

A partir de 2019, todos os professores, efetivos e em contrato temporário, alcançaram benefícios financeiros equivalentes. Todos, igualmente, receberam duas ajudas de custo e de incentivo à aquisição de equipamentos e de serviços de tecnologia. A primeira foi no final de 2020 e a outra em dezembro de 2021.

Além do Auxílio-Alimentação, no valor de R$ 500, todo o pessoal da Educação recebe também o Auxílio-Aprimoramento Continuado, de R$ 500,00 mensais. Os professores também foram beneficiados com um Bônus por Resultados, pago no mês de dezembro de 2021 e um segundo em junho de 2022.

Atualmente a rede pública estadual de ensino tem 60% de professores efetivos (16.092) e 40% em contrato temporário (10.777). Os salários praticamente se equivalem, já que o governo estadual, para além dos reajustes dos professores efetivos, a partir de 2019, reajustou em 119,34% os vencimentos do professor em contrato temporário.