18 de julho de 2024
Economia

Goiás acumula superávit de US$ 2,8 bilhões na balança comercial

O valor é referente ao período de cinco meses, de janeiro a maio deste ano
Palácio das Esmeraldas. Foto: Carlos Nathan Sampaio
Palácio das Esmeraldas. Foto: Carlos Nathan Sampaio

De janeiro a maio de 2024, Goiás acumulou um superávit de US$ 2,8 bilhões no saldo da balança comercial. O resultado é reflexo de US$ 5 bilhões em exportações e US$ 2,2 bilhões em importações para o estado, conforme dados de relatório da Superintendência de Comércio Exterior e Atração de Investimentos Internacionais, divulgados na terça-feira (18) pela Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Serviços (SIC).

De acordo com o Governo do Estado, apenas no mês de maio, o saldo positivo foi de US$ 683 milhões, decorrente de US$ 1,1 bilhão em exportações e US$ 435 milhões em importações. “Há um esforço ativo do Governo de Goiás para fomentar o comércio exterior no estado, e a SIC atua para continuar incentivando o crescimento da nossa balança comercial em prol de todos os empreendedores goianos”, destaca o titular da pasta, Joel de Sant’Anna Braga Filho.

Segundo dados, dentre os principais produtos exportados, predominam o complexo de soja, com participação em 60,28% das exportações de janeiro a maio de 2024; e carnes, com 15,87%. Em maio, o complexo de soja representou uma parcela de 62,4%. O principal destino, conforme o Executivo municipal, é a China, que recebe mais de 50% das exportações goianas.

Brasil

No mês de maio de 2024, a balança comercial brasileira teve saldo positivo de US$ 8,5 bilhões, apresentando valores de exportações de US$ 30,3 bilhões e de importação de US$ 21,8 bilhões. No ranking dos estados que mais exportaram, tanto no período de janeiro a maio, quanto apenas no mês de maio de 2024, Goiás permanece na oitava posição. Já em relação ao consumo de produtos estrangeiros, também em ambos os casos, a colocação do estado é a 11ª posição.


Leia mais sobre: / Economia