25 de junho de 2024
Modernização do ensino

Goiânia terá a maior escola Sesi Senai do Brasil; capacidade para 2 mil estudantes

A Escola Sesi Senai Jardins será construída em terreno cedido pela Prefeitura de Goiânia às margens da GO-020
Estrutura será ainda maior que as últimas unidades construídas. Foto: Reprodução
Estrutura será ainda maior que as últimas unidades construídas. Foto: Reprodução

Goiânia terá, em breve, a maior escola Sesi Senai do Brasil. A unidade será construída em terreno de 44.613,56 mil ² cedido pela Prefeitura de Goiânia, às margens da GO-020. A Escola Sesi Senai Jardins terá capacidade para 2 mil estudantes. As obras serão lançadas pela Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) nesta segunda-feira (20).

O lançamento faz parte do calendário de comemorações do Mês da Indústria, que transcorre em maio. A nova unidade terá conceito inédito em educação e formação, e faz parte do programa de expansão e modernização de sua rede de ensino da Fieg.

Estrutura

O projeto conta com parceria dos Departamentos Nacionais do Sesi e Senai e do Sistema Fieg. Conforme o planejamento, a nova unidade terá biblioteca moderna e interativa, auditório para 400 pessoas, 23 laboratórios de áreas como tecnologia da informação e comunicação, indústria 4.0 e inteligência artificial. A nova escola terá 48 salas de aula, cozinha experimental, quadra esportiva e recursos pedagógicos e tecnológicos de última geração.

O projeto da Escola Sesi Senai Jardins prevê um restaurante com capacidade para 500 pessoas e 2 mil refeições diárias. Os alunos terão acesso a um parque, ginásio de esportes, salas de dança, ioga, meditação e pista de caminhada, com 100% do perímetro monitorado digitalmente.

Além da estrutura de ensino, o espaço terá ainda estacionamento com capacidade para 300 carros, embarque e desembarque inteligente, ampla recepção com catracas de acesso com reconhecimento fácil e muita segurança. O investimento será de R$ 120 milhões.

Ao todo, o complexo terá mais de 30 mil m² de área construída e capacidade inicial para atender 2 mil estudantes, com possibilidade de expansão, no ensino fundamental e médio, incorporando ainda a educação profissional. Com o conceito de preparar líderes por meio de competências empreendedoras, a unidade terá educação inovadora e tecnológica, por meio das metodologias Maker (Faça você mesmo!) e Steam (conecta disciplinas e áreas do conhecimento à realidade). A previsão é de que, em amplo funcionamento, o novo espaço abrigue 46 turmas em tempo integral e outras 30 em tempo parcial.


Leia mais sobre: / / / Cidades

Luana Cardoso

Luana

Atualmente atua como repórter de cidades, política e cultura. Editora da coluna Crônicas do Diário. Jornalista formada pela FIC/UFG, Bióloga graduada pelo ICB/UFG, escritora, cronista e curiosa. Estagiou no Diário de Goiás de 2022 a 2024.