27 de maio de 2024
Goiânia • atualizado em 28/04/2024 às 16:33

Goiânia pode ter dia em comemoração à maconha medicinal

Vereador Lucas Kitão é autor do projeto. (Foto: Divulgação)
Vereador Lucas Kitão é autor do projeto. (Foto: Divulgação)

A Câmara Municipal de Goiânia aprovou nesta quinta-feira (10) o projeto de lei que cria uma data comemorativa à maconha medicinal. De acordo com o texto, de autoria do vereador Lucas Kitão (União Brasil), a data de 27 de novembro será conhecida como o Dia Municipal da Cannabis Terapêutica.

O projeto, que ainda aguarda sanção do prefeito Rogério Cruz, complementa a lei que prevê distribuição de medicamentos prescritos à base de Canabidiol (CBD) ou Tetrahidrocanabinol (THC).

A ideia é incentivar a pesquisa e a discussão sobre o uso terapêutico da cannabis, com o intuito de instruir a população sobre a regulamentação e distribuição de medicamentos à base de cannabis.

“Será um dia para inspirar ações em defesa dos pacientes que necessitam do tratamento e que enfrentam preconceito e dificuldade para adquirir os medicamentos”, justifica Kitão.

A data selecionada é também o Dia Nacional do Combate ao Câncer e a seleção foi idealizada por ativistas que entendem que o medicamento tem uma grande efetividade no alívio de sintomas provocados pela quimioterapia.

A regulamentação em Goiânia já foi aprovada e promulgada pela Câmara Municipal, e aguarda uma norma da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), desde a derrubada do veto do ex-prefeito Iris Rezende (MDB) na Casa.


Leia mais sobre: / Goiânia