22 de abril de 2024
Segurança em Goiânia

Goiânia atinge marca de 16 dias sem homicídios, relata SSP-GO

Em relação a outros crimes, como roubo a carga e roubo a instituição financeira, nenhuma ocorrência foi registrada entre os dias 1º e 15 de janeiro de 2024

O Governo de Goiás atingiu a marca de 16 dias sem homicídios em Goiânia, entre os dias 07 e 22 de janeiro de 2024. O saldo considerado positivo foi registrado pelo Comando de Policiamento da Capital (CPC), unidade da Polícia Militar de Goiás. Já no intervalo entre 1º e 15 de janeiro, a Polícia não registrou nenhum caso de latrocínio, roubo a carga, roubo a instituição financeira ou lesão corporal seguida de morte na capital.

“Sou extremamente orgulhoso de liderar um Estado com esta equipe de segurança. E nosso trabalho seguirá visando sempre o avanço e a proteção total dos goianos”, disse o governador Ronaldo Caiado no último dia 10/01, durante encontro com a cúpula da Segurança Pública do Estado.

Segundo nota oficial da PM, o resultado deve-se ao planejamento estratégico das unidades operacionais em combater a criminalidade. Para realizar o trabalho, a corporação conta com veículos, armamentos modernos e mecanismos de inteligência, além da resiliência e compromisso dos policiais com o cidadão.

Para o secretário de Segurança Pública de Goiás, Renato Brum, Goiás apresenta redução nos índices de criminalidade há cinco anos consecutivos, resultado de ações de organização, planejamento e integração com as forças federais de segurança. Outro fator primordial, segundo o secretário, foi a ênfase no controle carcerário. “Muitos desses crimes que ocorriam fora dos presídios eram mandados lá de dentro” disse Brum.

Números da criminalidade e segurança

Segundo dados do Observatório de Segurança Pública do Estado, os índices de criminalidade recuaram em até 89,8% em Goiás nos últimos cinco anos. Uma das reduções mais expressivas diz respeito ao roubo de veículos (-89,8%): foram 1.029 no ano passado, ante 10.103 casos em 2018. Já crimes como furto e roubo a transeunte tiveram queda de 85,8% e 83%, respectivamente. Latrocínio, que é o roubo seguido de morte, caiu 86,7% – foram 14 casos em 2023 e 105 no ano de 2018. O Estado registrou, ainda, queda de 50,8% no número de homicídios dolosos em 2023, na comparação com 2018.

Crimes de lesão seguida de morte tiveram queda de 55,7% no período avaliado – 61 em 2018 e 27 no ano passado. Outros indicadores de destaque são o homicídio tentado (-20,6%), estupros (-10,5%), roubo em comércio (-81,8%), roubo de carga (-90,6%), roubo em residência (-75,9%) e furto de veículos (-60,1%).


Leia mais sobre: / Cidades / Goiânia

Altair Tavares

Editor e administrador do Diário de Goiás. Repórter e comentarista de política e vários outros assuntos. Pós-graduado em Administração Estratégica de Marketing e em Cinema. Professor da área de comunicação. Para contato: [email protected] .