24 de maio de 2024
Justiça

Goianas presas de forma injusta na Alemanha serão indenizadas pelo governo local; entenda

A decisão busca corrigir o erro após elas terem suas malas trocadas por outras com drogas dentro
Kátyna Baía e Jeanne Paolini. (Foto: reprodução/Redes sociais)
Kátyna Baía e Jeanne Paolini. (Foto: reprodução/Redes sociais)

O estado Hessen, da Alemanha, vai ter que indenizar as goianas Kátyna Baía e Jeanne Paolini, que passaram mais de um mês presas em Frankfurt, em março de 2023. A decisão foi da Justiça da Alemanha, que busca corrigir o erro após elas terem suas malas trocadas por bagagens carregadas com drogas no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

A decisão da justiça alemã foi publicada pela CNN e é da última quinta-feira (29). Ainda de acordo com o portal, o Ministério Público local tinha o prazo de uma semana para recorrer, ou seja, até esta quinta (7). “Eles teoricamente têm sim esse prazo de uma semana para recorrer de modo que a decisão só transita em julgado após o decurso desse prazo. Contudo, o próprio MP considerou elas como inocentes de modo que é improvável que eles recorram”, confirmou a defesa das goianas.

Chayane Kuss, advogada brasileira atuando na Alemanha, está defendendo Kátyna e Jeanne, que serão indenizadas pelo estado de Hessen devido à prisão injusta. As investigações contra as brasileiras foram encerradas em dezembro do ano passado. Os valores das indenizações serão discutidos posteriormente, seguindo a lei local que determina um valor mínimo de 2.850 euros para cada uma.

Na mesma semana, Brasil e Alemanha firmaram acordo de cooperação para combater o crime organizado, lavagem de dinheiro e tráfico de drogas. A decisão foi celebrada pelas brasileiras e o acordo prevê troca de informações, tecnologias e colaboração em investigações. A Embaixada da Alemanha no Brasil não se manifestou.


Leia mais sobre: / / / Notícias do Estado

Carlos Nathan Sampaio

Jornalista formado pela Universidade Federal e Mato Grosso (UFMT) em 2013, especialista Estratégias de Mídias Digitais pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação de Goiânia - IPOG, pós-graduado em Comunicação Empresarial pelo Senac e especialista em SEO.