25 de junho de 2024
Dia sem tributos • atualizado em 05/06/2024 às 13:37

Gasolina será vendida a R$ 3,91 em alguns postos da capital no Dia Livre de Impostos, nesta quinta (6)

Mais de 300 lojistas de diversos segmentos devem participar da campanha em Goiás, com descontos que podem chegar a 70%
Alguns postos participantes comercializarão a gasolina a R$ 3,91, com desconto de R$ 2,06 em relação ao preço médio na capital. Foto: Reprodução
Alguns postos participantes comercializarão a gasolina a R$ 3,91, com desconto de R$ 2,06 em relação ao preço médio na capital. Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (6), consumidores poderão aproveitar o Dia Livre de Impostos, adquirindo produtos e serviços com valores livres da adição dos tributos. A expectativa é de que mais de 300 lojistas participem da ação promovida pela CNDL (Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas) em parceria com a CDL Jovem de Goiânia (Câmara de Dirigentes Lojistas), como forma de conscientizar a população sobre a alta carga tributária brasileira.

Entre as empresas que já confirmaram participação estão segmentos como casa de carnes, óticas, lojas de colchões, restaurantes, shoppings e outros. Na data, os participantes da ação vão comercializar mercadorias e serviços com descontos que podem chegar a 70%. Para saber a lista de empresas participantes e ter mais informações sobre os descontos, basta acessar o site www.dialivredeimpostos. org.br.

Na capital, por exemplo, alguns postos de combustíveis que aderiram ao movimento vão vender gasolina a R$ 3,91 o litro. No geral, a maioria dos postos de Goiânia e Região Metropolitana estão comercializando o litro do combustível por R$ 5,97. Ou seja, sem o repasse dos tributos, o consumidor consegue adquirir o produto com desconto de R$ 2,06 por litro.

Conforme dados da CDL Jovem, somente nos cinco primeiros meses de 2024, o goianiense já pagou mais de R$ 900 milhões em impostos. No Estado, a cifra ultrapassa os R$ 32 bilhões. A ação do Dia Livre de Impostos acontece simultaneamente em 1.500 cidades brasileiras, em todos os Estados. No ano passado, mais de 40 mil varejistas fizeram parte do movimento.


Leia mais sobre: / / / Cidades / Geral

Luana Cardoso

Luana

Atualmente atua como repórter de cidades, política e cultura. Editora da coluna Crônicas do Diário. Jornalista formada pela FIC/UFG, Bióloga graduada pelo ICB/UFG, escritora, cronista e curiosa. Estagiou no Diário de Goiás de 2022 a 2024.