10 de agosto de 2022
Indefinição • atualizado em 04/08/2022 às 16:15

Futuro de Marconi Perillo não será o Palácio das Esmeraldas

Futuro de Perillo nas eleições deste ano deve ser definido nesta quinta-feira (04), após reunião com PSDB
Ainda não há confirmação oficial, mas, nos bastidores, a expectativa é de que nesta quinta (04) saia a definição se Marconi Perillo sairá como candidato ao Senado, ou se concorrerá a uma das 17 vagas como deputado federal (Foto: Reprodução)
Ainda não há confirmação oficial, mas, nos bastidores, a expectativa é de que nesta quinta (04) saia a definição se Marconi Perillo sairá como candidato ao Senado, ou se concorrerá a uma das 17 vagas como deputado federal (Foto: Reprodução)

Mesmo tendo confirmado a pré-candidatura ao governo estadual no último dia 16 de julho, o futuro político do ex-governador Marconi Perillo (PSDB) pode ganhou novo capitulo nesta quinta-feira (04), diante da reunião de Perillo com líderes do PSDB, nesta manhã. Sua decisão, na convenção que ocorrerá nesta sexta-feira (05), se dará entre a candidatura ao Senado ou uma das 17 vagas como deputado federal.

Durante evento do PSDB realizado no último dia 16 de julho, a cúpula de tucanos votou a favor para a disputa ao Palácio das Esmeraldas, portanto, nas pesquisas de intenção de voto ao Senado, Marconi Perillo teria um melhor cenário. No entanto, apesar da força política demonstrada no evento, Perillo não conseguiu construir as alianças necessárias para consolidar a candidatura.

LEIA TAMBÉM: Marconi Perillo ainda tenta “construção” para ser candidato a governador (diariodegoias.com.br)

Continua após a publicidade

Após a reunião em um hotel da cidade, Marconi Perillo deu pistas sobre seu futuro político em Goiás. “Essas decisões são complexas e demandam muita conversa. Tivemos uma rodada boa, mas vamos tomar essa decisão no curso do dia. De qualquer maneira, amanhã na convenção já estaremos decidido”, afirmou o tucano, em entrevista coletiva, na manhã desta quinta-feira (04/08).

A decisão ocorre após pressão da cúpula nacional do PSDB, que enxerga dificuldades para Marconi Perillo ser eleito governador pela quinta vez e prefere que ele ajude a reforçar a bancada da sigla no Congresso Nacional, em Brasília.