26 de maio de 2022
Política

Fogo amigo: Jardel Sebba reclama do secretariado de Marconi

PROJETO SOBRE OCUPAÇÃO DE CARGOS DO PRIMEIRO ESCALÃO REVELA DISTANCIAMENTO ENTRE DEPUTADOS E SECRETÁRIOS DO GOVERNO MARCONI.

A última proposta de emenda constitucional do presidente da Assembleia Legislativa, Jardel Sebba (PSDB), estremeceu, ainda mais, o relacionamento entre os membros da administração estadual. O projeto da presidência é para que todos os secretários do Estado tenham passado, ao menos uma vez, por um pleito eleitoral. Sem justificativa administrativa, a sustentação do pedido é unicamente política. “Eles precisam passar pelo que passamos para que consigam se sensibilizar com a nossa situação. Estes secretários devem um mínimo de respeito aos deputados que foram eleitos pela população”, ressaltou.

Continua após a publicidade

A insatisfação não é recente. Desde o início do governo que o presidente manda recados de descontentamento com os secretários. Jardel chegou a utilizar as redes sociais para trocar alfinetadas com representantes do governador. Há pouco mais de um ano, o conflito evidenciado foi entre ele e o secretario de articulação política, Daniel Goulart. Os problemas continuam.

O presidente afirma esperar emendas de deputados para que alguma mudança ocorra de forma definitiva no governo de Goiás. “Não estou reclamando do governador Marconi Perilo (PSDB), mas tão somente de alguns representantes de sua administração que transgridem os limites do tratamento aceitável”, acrescentou.

Além dos escândalo que o governo administra atualmente, Marconi terá que voltar sua atenção para os conflitos internos. A reforma política já teve início por motivos de força maior, mas como prevê alguns secretários, ela deve continuar e de maneira profunda.

Continua após a publicidade

Leia mais sobre:
Política