27 de fevereiro de 2024
Ordem pública • atualizado em 09/02/2024 às 20:18

Fiscalização de Aparecida reforça esquema de segurança durante o Carnaval

objetivo é manter a ordem pública, a segurança e a tranquilidade da população
Os locais com eventos de carnaval serão monitorados e a ação do GGIM reforça o compromisso com a segurança pública. (Foto: Arquivo/Secom).
Os locais com eventos de carnaval serão monitorados e a ação do GGIM reforça o compromisso com a segurança pública. (Foto: Arquivo/Secom).

Atendendo à solicitação da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Aparecida (Semma), o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), definiu nesta sexta-feira (9) estratégias para reforçar a segurança pública e a fiscalização durante o feriado de Carnaval. Para isso, o colegiado organizou um esquema, com efetivo ampliado principalmente em locais com eventos.

O trabalho envolve as polícias Militar (PM), Civil (PC) e Penal, o Corpo de Bombeiros, a Guarda Civil Municipal, secretarias de Meio Ambiente, Trânsito e Planejamento e Regulação Urbana, Vigilância Sanitária, Juizado da Infância e Juventude e OAB Subseção Aparecida. “As forças de segurança estão unidas para proteger a vida do cidadão e coibir situações adversas a ordem pública e a dignidade humana”, afirma o secretário do GGIM, Roberto Cândido.

Fiscalização no Carnaval

Eventos em espaço aberto e em vias públicas, cujas solicitações de liberação não foram apresentadas com antecedência, isto é, com prazo suficiente para análise, validação e planejamento dos órgãos de segurança e fiscalização não foram autorizados.

“A diversão é um direito do cidadão, contudo nada pode ser realizado sem planejamento e segurança. Por isso, a Semma autorizou apenas propostas de eventos que tenham sido aprovadas anteriormente pela PM e Corpo de Bombeiros”, afirma a secretária de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Valéria Pettersen.

Os locais com eventos de carnaval serão monitorados. “Incomodar o sossego do vizinho por poluição sonora, por exemplo, é uma infração que acarreta interdição do local, apreensão do equipamento de som e aplicação de multa. Cabe a população e ao dono de estabelecimento comercial terem consciência da nossa legislação”, destacou Valéria Pettersen.

Como denunciar

Irregularidades podem ser denunciadas na Central de Atendimento da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semma) pelos telefones 3238-7216/7217 ou por mensagem de texto para o WhatsApp 98459-1661.


Leia mais sobre: / / Cidades

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019