24 de maio de 2024
Manifestações • atualizado em 01/11/2022 às 15:45

Federação Nacional da PRF afirma que silêncio de Bolsonaro prejudica pacificação

A postura do presidente estimula a ação dos manifestantes bolsonaristas, inconformados com a derrota do candidato
Foto: Divulgação/PRF
Foto: Divulgação/PRF

A Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) e os Sindicatos dos Policiais Rodoviários Federais afirmam que o silêncio do atual Presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), em reconhecer o resultado das urnas dificulta a pacificação do país.

De acordo com a Federação da PRF, o resultado das eleições de 2022 expressa a vontade da maioria da população e deve ser respeitado. A postura do presidente, no momento, estimula a ação dos manifestantes bolsonaristas, inconformados com a derrota do candidato, a continuarem com os bloqueios de rodovias brasileiras.

Leia também: MPGO anuncia articulação com forças de segurança para atuar nos bloqueios de rodovias de Goiás

Leia mais sobre: Plano de operação para desobstrução de rodovias em Goiás é definido pelas forças de segurança

A Federação ressalta que os PRFs seguem trabalhando diuturnamente para o restabelecimento do direito de ir e vir da população. Além disso, ressalta que cabe à gestão do Departamento de Polícia Rodoviária Federal providenciar a organização do efetivo necessários para dar cumprimento à desobstrução das estradas federais.

O sistema sindical dos PRFs reafirmou que “segue cobrando uma postura firme da direção do DPRF, para prover os meios necessários para que a corporação cumpra suas funções constitucionais, garantindo assim o direito de ir e vir da população e resguardando a segurança e integridade dos policiais”, pontuou.

A Polícia Rodoviária Federal ressalta que é um patrimônio da sociedade e seguirá firme na defesa da democracia, do respeito às leis e às decisões judiciais.


Leia mais sobre: / / / Brasil / Política