25 de junho de 2024
Leandro Mazzini

Farra extracampo

O governo vai pagar diárias de hotel de até R$ 581 para ministros que quiserem assistir nos estádios aos jogos da Copa das Confederações. Apesar de bases militares com alojamentos do Exército e Aeronáutica em todas as sete capitais-sedes, os benefícios se estendem aos comandantes, oficiais e servidores das três Forças Armadas que se deslocarem. O Palácio do Planalto publicou em edição extra no D.O., na véspera da abertura da Copa, o Decreto 8.028/13 com tabelas de gastos autorizados. As comitivas ainda poderão viajar nos jatos da FAB, por prerrogativa dos cargos.

Na sua canela!

O decreto prevê que os custos serão cobertos pelos Orçamentos de cada pasta. O teto de diária para ministro é de R$ 581, e para comandante de Força, de R$ 406,70.

De camarote

A farra das viagens será autorizada por cada ministro, que escolherá os servidores de qualquer categoria para a ‘missão’. (Veja tabelas no site da coluna).

Luxúria

As diárias servem para hotéis de Fortaleza, Recife, Salvador, Brasília, Manaus, Rio e BH. Poderiam ser evitadas. Todas elas têm bases da Aeronáutica e Exército.

Periquito com tucano?

O diretório nacional do PRTB está sob intervenção. Decisão do Juiz de Direito Daniel Machado,  da 12ª Vara Cível de Brasília, sobre ação promovida por Jorge Periquito, ex-dirigente do partido em Minas. Ele é desafeto do presidente Levy Fidelix – que aponta perseguição do PSDB mineiro, pelas supostas ligações de Periquito com a tucanada.

Euuu!?

Fidelix diz que Periquito é patrocinado pelo senador Aécio Neves – o tucano contou à coluna desconhecer o caso. ‘É porque sou candidato a presidente e ele é meu desafeto’, diz Fidelix, que promete enquadrar Aécio durante a futura campanha..

Bicada

Para a Justiça, a nomeação de 12 integrantes do diretório na convenção de 28 de Janeiro foi irregular. Fidelix contratou advogados ontem e pretende denunciar na polícia o Periquito, que está filiado ao PRTB por força de liminar.  

Autocrítica

Do senador Requião (PMDB-PR), no Twitter: ‘Aos políticos que se encantaram com as vaias de Dilma, eu digo: essa vaia foi para nós, todos nós. Considerem-se vaiados’.

Copa & Céu

A FAB interceptou avião no espaço aéreo restrito de Brasília no Sábado. O piloto desavisado, que pousaria em Formosa (GO), teve de descer na divisa com a Bahia.

O VANT apareceu

Pelo menos sete helicópteros – das forças de segurança e de TVs – sobrevoaram a arena Mané Garrincha no Sábado. Ninguém viu, mas dois VANTs – Veículo Aéreo Não Tripulado da FAB também, a 5.500 pés, e monitoraram a manifestação nos arredores.

Galã

Correria, flashs, tietagem, gritinhos das meninas no Aeroporto de Brasília no Sábado, às 9h40, no desembarque. O galã atendeu fotos e autógrafos, pacientemente. Demorou 20 minutos num percurso que duraria quatro. Era Joaquim Barbosa, presidente do STF.

Busão desgovernado

A crise em São Paulo começou com uma provocação escondida, numa frase no D.O., da nova licitação: para a Secretaria de Transportes, cabem oito passageiros por metro quadrado dentro dos ônibus. Protesto por preço foi consequência.

Vem polêmica

Pastor Feliciano quer mais polêmica. Pediu redistribuição e quer que passe pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara o PL 478/07, o Estatuto do Nascituro, que abole qualquer tentativa de legalização do aborto. Feministas estão alertas e protestarão.

Rasante

Presidente da Comissão de Segurança, o deputado Otávio Leite (PSDB-RJ) requereu à Embaixada dos EUA a recente legislação sobre os VANT. O Brasil não tem.

Cadê você?

Há anos provoca curiosidade no Aeroporto de Brasília o Hyundai vermelho, placa JJC 5828, com pneus furados e lataria em decomposição, abandonado no estacionamento.

Ponto Final

Alerta aos jornalistas: Polícia nunca gostou da imprensa.

_________________________________________________________

Com Maurício Nogueira e Adelina Vasconcelos 


Leia mais sobre: Leandro Mazzini

Altair Tavares

Editor e administrador do Diário de Goiás. Repórter e comentarista de política e vários outros assuntos. Pós-graduado em Administração Estratégica de Marketing e em Cinema. Professor da área de comunicação. Para contato: [email protected] .

Recomendado Para Você

Leandro Mazzini

Pizzolato na Papuda

Leandro Mazzini

A blindagem do juiz Sérgio Moro