30 de maio de 2024
BUSCAS

FAB continua buscas pelos quatro ocupantes do helicóptero que desapareceu em São Paulo

Estavam dentro do veículo o piloto, um passageiro e duas mulheres
Mulheres são uma mulher de 45 anos e filha dela, de 20 anos. (Foto: Divulgação/FAB)
Mulheres são uma mulher de 45 anos e filha dela, de 20 anos. (Foto: Divulgação/FAB)

Quatro pessoas estão desaparecidas desde domingo (31), após o helicóptero em que estavam sumir no Litoral Norte de São Paulo. A Força Aérea Brasileira (FAB) continua fazendo buscas, mas sem pistas sobre o paradeiro do grupo e da aeronave. Estavam dentro do veículo o piloto, um passageiro e duas mulheres, sendo uma mulher de 45 anos e filha dela, de 20 anos.

Conforme informado pelo g1, o passageiro era um amigo da família que as convidou para o passeio de helicóptero. As mulheres aceitaram o convite para fazer um passeio bate-volta em Ilhabela, que é um dos lugares mais procurados pelos turistas para a virada do ano, no dia 31 de dezembro.

Enquanto estava indo para Ilhabela, a menina de 20 anos enviou um vídeo para o namorando e afirmou que o tempo estava ruim. As imagens mostram ainda o piloto e o amigo da família na frente do helicóptero, e muita neblina, o que deixou a visibilidade ruim.

Ao g1, a família informou que o vídeo foi a última notícia que receberam da jovem. A mãe da mulher de 45 anos afirmou que, para o namorado, a jovem de 20 anos falou que estavam tentando voltar para o ponto de partida porque não dava para pousar. “Eles iam fazer um passeio bate-volta. Chegando lá a minha neta mandou um contato para o namorado, dizendo que estavam tentando retornar porque não dava para pousar. Estava chovendo muito, com muita neblina. Isso foi umas 14h35, foi o último contato. Não temos mais notícias”, disse.

Entenda o caso

Um helicóptero com quatro ocupantes, sendo o piloto e três passageiros, saiu de São Paulo com destino a Ilhabela, mas perdeu o contato com as torres de comando. Segundo informações da Polícia Militar, a aeronave desaparecida saiu de Campo de Marte, em São Paulo, no dia 31 de dezembro, por volta das 13h15.

O último contato do helicóptero com a torre foi por volta de 15h10 de domingo, quando passava por Caraguatatuba. Às 22h40 foi gerado um alerta para o Comando de Aviação e para o Corpo de Bombeiros, já que não havia registro de pouso do helicóptero ou possibilidade de contato.

Conforme as investigações preliminares, a possibilidade é que o helicóptero esteja em alguma região entre a Serra do Mar, uma região de floresta densa da Mata Atlântica, e Caraguatatuba, cidade vizinha a Ilhabela.

A FAB iniciou na madrugada desta terça-feira (2) o segundo dia de buscas pelo helicóptero com os quatro ocupantes.


Leia mais sobre: / / / / Brasil

Maria Paula

Jornalista formada pela PUC-GO em 2022 e MBA em Marketing pela USP.