28 de junho de 2022
Cidades

Expo Municípios 2019 tem como pilar a qualificação para desenvolvimento e geração de renda em Goiás

Abertura da Expo Municípios 2019 aconteceu na manhã desta quarta-feira (7) - Foto: Isabel Cristina
Abertura da Expo Municípios 2019 aconteceu na manhã desta quarta-feira (7) - Foto: Isabel Cristina

{nomultithumb}

A Federação Goiana dos Municípios (FGM), aponta três pilares principais para debate na Expo Municípios 2019, evento que é realizado nesta quarta (7/8) e quinta-feira (8/8), no Centro de Convenções de Goiânia. (Veja a programação).

Segundo o presidente do órgão, Haroldo Naves, a qualificação é um dos pilares mais importantes do evento. “Com 33 palestras, vários seminários e workshops para melhorar a qualificação da equipe trazendo informações, novas instruções normativas, nova legislação, tudo isso em dois dias para que os prefeitos possam trazer sua equipe e nós vamos dar qualificação em todas as áreas”, explica.

Continua após a publicidade

O segundo pilar é gerar emprego e renda para os municípios. “Com o mundo globalizado têm-se que encurtar distância, 13 embaixadas aqui hoje para fazer a relação comercial para o empresário e o prefeito para poder colocar os seus produtos em outros países. Além de que vários empreendedores estão aqui nos estandes conhecendo os municípios e vendo como ampliar seus negócios ou mesmo avançar em outros municípios com seus empreendimentos”, afirma Naves.

Para ele, essa busca por qualificação é importante e também a luta municipalista que é “o ente federado mais pobre, pegamos apenas 15% do bolo tributário e nós precisamos avançar nisso. Temos uma proposta com o senador Vanderlan Cardoso que a base cálculo do FPM, que é uma das arrecadações dos municípios. O IPI e o Imposto de Renda que possa sair dos 24 para os 30% escalonado e possamos ter mais 1% do FPM em setembro, que é o mês mais crítico para os municípios”, diz.

“Queremos que a seção dos royalties do Petróleo fique com pelo menos 15% para os municípios. Queremos que esse pacto federativo que vem sendo discutido a mais de 100 anos e não acontece, para que seja colocado de fato no papel. Outras pautas importantes que estão no Congresso Nacional e nós queremos que avance, como ´por exemplo incluir os Estados e municípios na reforma da Previdência que é uma necessidade vital”, acrescenta Naves.

Continua após a publicidade

O governador Ronaldo Caiado, destacou que não há nada mais produtivo do que essa convergência promovida com palestras e especialistas no evento. “Estão dividindo cada vez mais as ações do dinheiro que é público do Estado com o município. Com isso nós podemos multiplicar muitas vezes dado essa articulação e nós temos um objetivo só que é melhorar a qualidade de vida das pessoas”.

“Esse evento aqui é para mostrar que mesmo com a crise nós temos potencialidade, o que se precisa é de espirito público. Não existe ação isolada, a ação tem que ser município e a união a partir daí com essas parcerias nós conseguimos obter grandes resultados”, complementa o governador.

Também presente no evento, o prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, disse dá importância do evento para os municípios. “É um evento para troca de informações entre os municípios e para todos nós conhecermos um pouco do Estado de Goiás através dos municípios que estão aqui e estão se apresentando”, ressalta.