18 de abril de 2024
Tragédia • atualizado em 28/12/2023 às 14:30

Ex de PC Siqueira presta depoimento sobre morte do YouTuber

Maria Watanabe morava com PC Siqueira, com quem teve um relacionamento de mais de um ano
Casal havia rompido dois dias antes e a testemunha afirma que o resgate chegou a ser acionado. (Foto: Reprodução/redes sociais).
Casal havia rompido dois dias antes e a testemunha afirma que o resgate chegou a ser acionado. (Foto: Reprodução/redes sociais).

ALERTA: este texto trata de um tema sensível. Caso esteja precisando de ajuda, procure um profissional ou acesse o CVV, Centro de Valorização da Vida.

Na tarde desta última quarta-feira (27), o youtuber PC Siqueira, de 37 anos, foi encontrado morto em seu apartamento em São Paulo. O caso ainda segue em investigação pelo 11º Distrito Policial (Santo Amaro). Conforme o site Metrópoles e o Jornal O Globo, a ex-namorada dele, Maria Watanabe, estava no apartamento com ele na hora da morte e prestou depoimento a polícia.

Maria forneceu detalhes do ocorrido e afirmou que morava com PC Siqueira, com quem teve um relacionamento de mais de um ano. No entanto, o casal havia rompido dois dias antes. Ela afirma que o resgate chegou a ser acionado e duas equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegaram a ir até o local, mas o óbito foi constatado ainda dentro do imóvel.

Na noite de ontem, horas depois do ocorrido, Maria retornou ao apartamento acompanhada da polícia, familiares do apresentador e um amigo. Vale lembrar que em março deste ano, o youtuber havia sido encontrado desacordado em casa e foi socorrido por bombeiros.

Entenda o caso

O corpo do youtuber PC Siqueira foi encontrado na quarta-feira (27) no apartamento em que ele morava. Segundo a polícia, as investigações partem do princípio que o apresentador teria tirado a própria vida. O caso foi registrado como suicídio consumado.

Ao UOL Splash, uma tia de PC Siqueira, que preferiu não se identificar, falou que ele enfrentava um “quadro depressivo e já tratava há um tempo”. “Ele não falou qualquer coisa nesse sentido. A gente sabia que ele tinha um quadro depressivo e já tratava há um tempo”, afirmou.


Leia mais sobre: / / / / / Geral

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019