10 de agosto de 2022
Nas redes sociais

“Eu não precisava ser presidente de novo”, afirma Lula

Ex-presidente também afirmou que não quer "ser eleito para ser dono do Brasil"
Lula: "Vi a educação ser comandada por um cara que não gostava de educação. Então eu resolvi voltar" (Foto: Ricardo Stuckert)
Lula: "Vi a educação ser comandada por um cara que não gostava de educação. Então eu resolvi voltar" (Foto: Ricardo Stuckert)

O ex-presidente Lula (PT) disse, pelas redes sociais, que “não precisava ser presidente de novo” e poderia “viver os últimos anos da vida tranquilo”, mas explicou os motivos que o levaram a tentar voltar ao Palácio do Planalto.

“Eu não precisava ser presidente de novo. Eu podia guardar meu título de melhor presidente da história e ir viver os últimos anos da vida tranquilo. Mas eu vi esse país ser destruído. Vi a educação ser comandada por um cara que não gostava de educação. Então eu resolvi voltar”, escreveu em seu perfil no Twitter, em referência ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

LEIA TAMBÉM: Pesquisa Exame/Ideia: Lula 44%, Bolsonaro 33%, Ciro 8% e Tebet 4%
LEIA TAMBÉM: Após oficializar chapa, PT busca PSB para resolver impasses em alianças estaduais

Continua após a publicidade

Lula também afirmou que não quer “ser eleito para ser dono do Brasil”. Segundo ele, “o presidente é um síndico, e precisa governar de acordo com as vontades da população”. O petista acrescentou: “Por isso que Deus nos deu dois ouvidos e uma boca, pra ouvir mais do que falar”.

Leia mais sobre:
Brasil