25 de junho de 2022
Brasil

Estados e municípios anunciam compra de doses da vacina Sputnik V

Doses da Sputnik V. (Foto: Divulgação/Sputnik V)
Doses da Sputnik V. (Foto: Divulgação/Sputnik V)

Prefeitos e governadores anunciaram nesta sexta-feira (12) a compra de doses da vacina russa Sputnik V. A maior aquisição foi do governo da Bahia. Segundo o governador Rui Costa (PT), o estado adquiriu 9,7 milhões de doses.

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, anunciou a compra de 4 milhões de unidades após acordo com a farmacêutica União Química, responsável pela produção da vacina no Brasil.

“Depois de muita luta, fechamos hoje um contrato histórico com o Fundo Soberano Russo para compra de 9,7 milhões de doses da vacina Sputnik V”, disse o governador baiano no Twitter nesta sexta.

Continua após a publicidade

“Como está chegando muito pouca vacina, estamos negociando essas 4 milhões de doses, que vão girar em torno de R$ 200 milhões”, afirmou Kalil, em coletiva à imprensa nesta sexta. Ele disse que a compra será efetuada no momento em que a vacina estiver “dentro das leis”.

Em Minas Gerais, o prefeito de Betim, Vittório Medioli, confirmou acordo para adquirir lotes para imunizar 600 mil pessoas. Seriam, portanto, 1,2 milhão de doses.

A prefeitura de Maricá (RJ) anunciou que fechou a negociação para a compra de 400 mil doses.

Continua após a publicidade

O governo federal também anunciou nesta sexta a compra de 10 milhões de doses da Sputnik V. Segundo o Ministério da Saúde, 400 mil doses serão entregues no mês de abril. Os demais lotes serão repassados até junho.

A vacina Sputnik V, embora com acordo fechado com estados, municípios e o governo federal, não tem autorização para uso emergencial ou registro definitivo pela Anvisa. A agência está em contato com a União Química para que toda a documentação necessária seja entregue.