30 de maio de 2024
Resultados • atualizado em 12/01/2024 às 14:58

Estado economiza R$ 78,5 mi em despesas impróprias com medidas de gestão em 2023

O controle implementado pela Sead evitou gastos com despesas impróprias na folha de pagamento de servidores
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Governo de Goiás conseguiu economizar R$ 78,5 milhões em despesas impróprias em 2023. O valor poupado foi resultado do aperfeiçoamento nos controles e na gestão da folha de pagamento dos servidores do Executivo.

Desde 2019 a Secretaria da Administração de Goiás (Sead) começou a implementar uma série de medidas internas para redução de gastos. A análise realizada em 2023, que permitiu a economia milionária, segue a abordagem de conferência de processos de diferenças salariais, auditoria mensal de óbitos com cruzamento da base de dados da folha de pagamento e a exclusão de servidores desligados, evitando o pagamento de valores indevidos.

Em 2023, a Sead, responsável por gerenciar a folha dos servidores estaduais, passou a instituir a Rede de Gestão de Pessoas. Composta por unidades centrais e setoriais, a Rede de Gestão atua estrategicamente para impulsionar a implementação de ações baseadas em estratégias no desenvolvimento de pessoas.

Além do maior controle da gestão de servidores ativos e da folha de pagamentos, a iniciativa busca fortalecer a área, valorizar e qualificar continuamente os profissionais, alinhando e padronizando processos e procedimentos.


Leia mais sobre: / / / Notícias do Estado

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.