logomarcadiariodegoias2017

paris saint germain

O Paris Saint-Germain é campeão francês pela sétima vez na história. Neste domingo (15), o time comandado por Unai Emery não tomou conhecimento do Monaco e goleou o rival por 7 a 1 no Parque dos Príncipes para confirmar o título nacional.

Mesmo sem Neymar, que ainda se recupera de lesão no pé direito, o PSG mostrou a força do elenco e contou com gols de Lo Celso (duas vezes), Di María (duas vezes), Cavani, Falcao García (contra) e Draxler para alcançar a vitória. Rony Lopes descontou para o Monaco.

O PSG entrou em campo precisando apenas da vitória para sacramentar a conquista com cinco rodadas de antecedência. Com total domínio desde o apito inicial, a equipe da casa teve grande atuação para conquistar o segundo título na temporada -antes disso, havia faturado a Copa da Liga Francesa.

Com o resultado, o time parisiense chegou a 87 pontos -17 de vantagem para o vice-líder Monaco, que ainda briga para confirmar vaga na Liga dos Campeões. O próximo compromisso do PSG será na próxima quarta-feira (18) diante do Caen, pela semifinal da Copa da França.

Sem Neymar, quem roubou a cena no jogo do título francês do PSG foi o argentino Di María. Autor de dois gols na goleada, o atacante protagonizou um dos lances mais bonitos da partida ao encobrir o goleiro e anotar o terceiro tento do time de Paris. Substituído na metade da segunda etapa, o jogador deixou o campo aplaudido pela torcida.

O lateral-direito Daniel Alves alcançou um feito de respeito com o título francês. O brasileiro chegou ao 37º troféu na carreira e igualou o recorde de Pelé como jogador com mais conquistas na história. Ele tem a chance de superar o "Rei do Futebol" ainda na atual temporada caso fature a Copa da França - o PSG enfrenta o Caen na semifinal.

Em recuperação de lesão no pé direito, Neymar foi ausência no jogo do título do PSG. Nem por isso, o brasileiro deixou de ser representado. O pai do atacante marcou presença e acompanhou a partida das tribunas do Parque dos Príncipes. Enquanto isso, o craque do time francês segue no Brasil se preparando para voltar aos gramados.

MASSACRE

O enredo da etapa inicial foi um verdadeiro massacre do PSG em cima do Monaco. O time comandado por Unai Emery marcou quatro gols em um intervalo de apenas 13 minutos (aos 14, 16, 19 e 27). Lo Celso foi o responsável por dar início à goleada ao completar a jogada que contou com toque de letra de Cavani e assistência de Di María. O centroavante uruguaio ampliou de cabeça.

Logo na sequência, um dos lances mais bonitos da partida. Di María recebeu passe de Cavani e ficou cara a cara com goleiro. O argentino deu um belo toque por cobertura para anotar o terceiro do PSG.

Lo Celso ainda apareceria mais uma vez para completar para o gol o cruzamento de letra de Pastore. Foi só aos 37 minutos que o Monaco acordou. Depois de boa jogada de Touré pela direita, Rony Lopes completou o cruzamento para o gol. Foi o oitavo jogo consecutivo em que o atacante português balançou as redes.

A ampla vantagem obtida ainda na primeira etapa fez com que as duas equipes voltassem para o segundo tempo em ritmo mais lento. Nem por isso o PSG deixou de continuar balançando as redes do rival. Aos 12 minutos da etapa final, Di María voltou a mudar o marcador para o time da casa. O argentino recebeu passe na medida de Pastore e completou para a meta.

O quinto minou qualquer esboço de reação do Monaco. Para piorar, aos 30 minutos, o artilheiro Falcao García acabou marcando contra para deixar a situação ainda mais difícil. Dez minutos depois, Draxler marcou o sétimo do PSG para definir o massacre.

O PSG conquistou o segundo título na temporada e, curiosamente, mais uma vez em cima do Monaco. Há 15 dias, o time parisiense faturou a Copa da Liga Francesa ao superar o rival por 3 a 0 na final. A rotina de conquistar um troféu diante do Monaco já dura desde o ano passado. Em 2017, o Paris Saint-Germain também venceu o time do Principado para levar a Copa da Liga.

Com a goleada em cima do Monaco, o PSG se tornou o primeiro clube das cinco principais ligas europeias a superar a marca de 100 gols na temporada. O Manchester City é o mais próximo na disputa, com 93 gols.

A derrota para o PSG neste domingo foi a primeira do Monaco após 17 jogos de invencibilidade no Campeonato Francês. O time do Principado não perdia na competição desde 29 de novembro do ano passado, quando foi superado pelo Nantes. De lá para cá, haviam sido 12 vitórias e cinco empates.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH